O VERDADEIRO CRESCIMENTO

Resultado de imagem para crescimento da igreja
COMO TER CRESCIMENTO EXPLOSIVO?

At.13.13 e 15.36

O crescimento pode acontecer de duas maneiras: Por ADIÇÃO ou por MULTIPLICAÇÃO. O líder que quer ter um crescimento apenas de adição deve se esforçar para buscar e liderar novas ovelhas; mas o líder que quer ter um crescimento de multiplicação deve buscar e liderar novos líderes.

 

NÃO PROCURE APENAS TER OVELHAS, PROCURE TER LÍDERES.

A força de suas células não depende tanto das ovelhas que você tem, mas dos líderes que você formou. Quanto melhor forem os líderes que você desenvolver, maior a quantidade e a qualidade de seus liderados.

 

“Alguns líderes querem fazer apenas seguidores. Eu quero fazer líderes. Mas não só quero fazer líderes, e sim líderes de líderes, e depois, líderes de líderes de líderes”. (Dale Galloway)

 

Se você investir em líderes não haverá limites para o crescimento de suas células e assim você chegará a uma nova estrutura de célula.

  

SE VOCÊ PENSA GRANDE CONCENTRE-SE APENAS EM ALGUMAS PESSOAS

 

Dizem que 90% de todos os líderes trabalham para juntar seguidores ao invés de formar líderes, com isso estão apenas adicionando pessoas e não multiplicando pessoas.

 

“Se você deseja fazer alguma coisa realmente grande que envolva muitas pessoas, você precisa concentrar seu foco em apenas algumas pessoas”.  (John Maxwell)

 

LÍDERES QUE REÚNEM SEGUIDORES VERSUS LÍDERES QUE DESENVOLVE LÍDERES

Existem 7 diferenças principais entre líderes que se  concentram  em  reunir  seguidores  e líderes que se dedicam a desenvolver outros líderes.

 

1-LIDERES QUE REÚNEM SEGUIDORES QUEREM SE SENTIR NECESSÁRIOS. LÍDERES QUE DESENVOLVEM LÍDERES QUEREM SER SUBSTITUÍDOS.

Existem líderes que tem o ego muito forte e quer que as pessoas dependam dele para tudo o que precisam. Paulo desenvolveu líderes como Timóteo, Tito e Silas os quais eram capazes de levar a obra adiante quando ele não estivesse mais presente.

2-LÍDERES QUE REÚNEM SEGUIDORES SE CONCENTRAM NAS FRAQUEZAS DAS PESSOAS. LÍDERES QUE DESENVOLVEM LÍDERES CONCENTRAM-SE EM SEUS PONTOS FORTES.

Os líderes ineficientes se concentram nas fraquezas de seus seguidores. Paulo não ressaltava as fraquezas de Timóteo, mas o encorajava a crescer em cima de seus pontos fortes e desenvolver o seu potencial. 2 Tm. 1.6.

3-LÍDERES QUE REÚNEM SEGUIDORES SE CONCENTRAM NOS 20% MAIS PROBLEMÁTICOS. LÍDERES QUE DESENVOLVEM LÍDERES CONCENTRAM-SE NOS 20% MAIS CAPAZES.

Os líderes de crescimento explosivo se concentram nos melhores líderes em potencial. Os líderes de apenas seguidores se concentram nas pessoas mais difíceis que só querem receber e nunca dão nada. Paulo ensinou e amou todas as pessoas, mas concentrou sua atenção nos melhores líderes que o ajudavam a cuidar de outras pessoas.

4-LÍDERES QUE REÚNEM SEGUIDORES TRATAM A TODOS DO MESMO MODO. LÍDERES QUE DESENVOLVEM LÍDERES TRATAM AS PESSOAS INDIVIDUALMENTE.

Paulo não levou o maior número de pessoas possível nas viagens missionárias. Ele não chamou todos para liderar as igrejas que ele fundou. Ele tratava cada pessoa que encontrava de acordo com os seus dons, habilidades e disposições para crescer. Como líderes de célula, devemos fazer a mesma coisa.

5-LÍDERES QUE REÚNEM SEGUIDORES GASTAM SEU TEMPO. LÍDERES QUE DESENVOLVEM LÍDERES INVESTEM SEU TEMPO.

Paulo considerava o tempo que passava com as pessoas como um investimento, mas, se por um acaso não via retorno, como no caso de João Marcos que desistiu da viagem antes de chegar a Antioquia ele hesitava em continuar investindo na pessoa. At. 13.13 e 15.37-40.

6-LÍDERES QUE REÚNEM SEGUIDORES PEDEM POUCO COMPROMISSO. LÍDERES QUE DESENVOLVEM LÍDERES PEDEM UM GRANDE COMPROMISSO.

A liderança exige sacrifício, e sacrifício exige compromisso. Jesus pediu compromisso das pessoas e escolheu entre elas seus discípulos. Paulo comprometeu a sua vida em sua missão e aqueles que o seguiam também fizeram o mesmo.

7-LÍDERES QUE REÚNEM SEGUIDORES IMPACTAM SUA GERAÇÃO. LÍDERES QUE DESENVOLVEM LÍDERES IMPACTAM AS FUTURAS GERAÇÕES.

Quando lideramos pessoas que não respondem a visão que temos, impactamos apenas elas mesmas; mas quando lideramos líderes, impactamos aqueles que eles lideram, os quais por sua vez impactaram as futuras gerações.

EXEMPLO: Das gerações de discípulos, da 1° á 7° geração.

CONCLUSÃO:

E preciso um bom líder para reunir um grande grupo de seguidores ocasionais. Mas é preciso ser um grande líder, capaz de liderar outros líderes. É assim que alcançaremos novos níveis em nosso crescimento e teremos uma multiplicação em vez de apenas uma adição.

 

 

Anúncios

O crescimento da célula

Resultado de imagem para maturidade

O crescimento da célula

Atos 2.47; 5.14; 6.7

O crescimento da célula é algo desejado por todos os que lideram e movem-se no Reino de Deus. Ver a célula crescer é um profundo desejo tanto dos liderados quanto do líder. Mas, surge uma pergunta: O que fazer para que a célula cresça? Onde eu me enquadro para ser participante ativo desse crescimento? Qual a minha função no corpo de Cristo?

É contra a natureza da célula você ter um membro do seu corpo que não funciona, cada membro foi colocado lá para que ele supra uma necessidade, ele não pode ficar parado.

Quais São as Marcas de Uma Célula Que Cresce?

 

1. UMA CÉLULA QUE CRESCE É UMA CÉLULA QUE ORA.

A oração é uma das chaves para o crescimento da célula.

Esta igreja ora quando vem a perseguição (At 4.23,24).

“Uma vez soltos (Pedro e João), procuraram os irmãos e lhes contaram quantas coisas lhes haviam dito os principais sacerdotes e os anciãos. Ouvindo isto, unânimes, levantaram a voz a Deus e disseram: Tu, soberano Senhor, que fizeste o céu, a terra, o mar e tudo que neles há.”  Atos 4.23-24

Esta igreja ora para que Deus conceda ousadia para pregar o evangelho (At 4.29).

“Agora, Senhor, olha para as suas ameaças, e concede aos teus servos que anunciem com toda a intrepidez a tua palavra.”  Atos 4.29

Esta igreja ora no poder do Espírito Santo (At 4.31).

 “Tendo eles orado, tremeu o lugar onde estavam reunidos; todos ficaram cheios do Espírito Santo e, com intrepidez, anunciavam a palavra de Deus.”  Atos 4.31

Por isso é de suma importância que todas as células tenham um momento de oração no inicio reunião, 10 minutos de oração.

O que orar?

  • Pelos perdidos.
  • Por nossos alvos.
  • Pela multiplicação de nossas células.
  • Por nossas lideranças.
  • Pelos enfermos.

 

2. UMA CÉLULA QUE CRESCE É AQUELA QUE TEM UMA LIDERANÇA MADURA E EFICIENTE.

  •  Tem uma liderança escolhida por Deus. (At 6.6; 13.2-4)
  • Tem uma liderança que sabe o que fazer e para onde vai (At 5.1-11).
  • Tem uma liderança cheia do Espírito ((At 6.3).

 

“Escolhei dentre vós sete homens de boa reputação, cheios do Espírito e de sabedoria…”  Atos 6.3

Um líder bem sucedido irá ao trabalho junto com seus liderados se for necessário quando as coisas estão difíceis ou quando os liderados encontram-se sob extrema pressão inimiga.

Tal líder sabe se arriscar sendo servo de seu liderado. Contudo, ao liderar pelo exemplo, manterá a motivação da equipe.

O líder maduro é aquele que está disposto a desenvolver as pessoas até o ponto em que elas eventualmente o ultrapassem em seu conhecimento e habilidade.

Nos termos mais simples, um líder maduro é aquele que sabe onde ele quer ir, e levanta, e vai.

Líderes maduros fazem as pessoas sentir que elas estão no centro das coisas, e não na periferia. Cada um sente que ele ou ela faz a diferença para o sucesso da organização. Quando isso acontece, as pessoas se sentem centradas e isso dá sentido ao seu trabalho.

 

3. UMA CÉLULA QUE CRESCE É UMA CÉLULA VISIONÁRIA.

 Visão missionária.

At 8.4,14,25. 4 Os que haviam sido dispersos pregavam a palavra por onde quer que fossem. 14 Os apóstolos em Jerusalém, ouvindo que Samaria havia aceitado a palavra de Deus, enviaram para lá Pedro e João. 25 Tendo testemunhado e proclamado a palavra do Senhor, Pedro e João voltaram a Jerusalém, pregando o evangelho em muitos povoados samaritanos.

Tem preocupação em alcançar os não-alcançados.

Rm 15:20 Sempre fiz questão de pregar o evangelho onde Cristo ainda não era conhecido, de forma que não estivesse edificando sobre alicerce de outro.

Visão social.

At 4. 34 Não havia pessoas necessitadas entre eles, pois os que possuíam terras ou casas as vendiam, traziam o dinheiro da venda 35 e o colocavam aos pés dos apóstolos, que o distribuíam segundo a necessidade de cada um. 36 José, um levita de Chipre a quem os apóstolos deram o nome de Barnabé, que significa “encorajador 37 vendeu um campo que possuía, trouxe o dinheiro e o colocou aos pés dos apóstolos.

A igreja primitiva era uma igreja profundamente sensibilizada com as necessidades de seus membros.

Visão orgânica.

1 Co 12: Ora, assim como o corpo é uma unidade, embora tenha muitos membros, e todos os membros, mesmo sendo muitos, formam um só corpo, assim também com respeito a Cristo. 13 Pois em um só corpo todos nós fomos batizados em um único Espírito: quer judeus, quer gregos, quer escravos, quer livres. E a todos nós foi dado beber de um único Espírito. 14 O corpo não é feito de um só membro, mas de muitos. 15 Se o pé disser: “Porque não sou mão, não pertenço ao corpo”, nem por isso deixa de fazer parte do corpo. 16 E se o ouvido disser: “Porque não sou olho, não pertenço ao corpo”, nem por isso deixa de fazer parte do corpo. 1Se todo o corpo fosse olho, onde estaria a audição? Se todo o corpo fosse ouvido, onde estaria o olfato? 18 De fato, Deus dispôs cada um dos membros no corpo, segundo a sua vontade. 19 Se todos fossem um só membro, onde estaria o corpo? 20 Assim, há muitos membros, mas um só corpo. 21 O olho não pode dizer à mão: “Não preciso de você!” Nem a cabeça pode dizer aos pés: “Não preciso de vocês!” 22 Ao contrário, os membros do corpo que parecem mais fracos são indispensáveis, 23 e os membros que pensamos serem menos honrosos, tratamos com especial honra. E os membros que em nós são indecorosos são tratados com decoro especial, 24 enquanto os que em nós são decorosos não precisam ser tratados de maneira especial. Mas Deus estruturou o corpo dando maior honra aos membros que dela tinham falta, 25 a fim de que não haja divisão no corpo, mas, sim, que todos os membros tenham igual cuidado uns pelos outros. 26 Quando um membro sofre, todos os outros sofrem com ele; quando um membro é honrado, todos os outros se alegram com ele. 27 Ora, vocês são o corpo de Cristo, e cada um de vocês, individualmente, é membro desse corpo.

Eles viviam como um corpo. Sabiam suas funções nesse corpo e as desempenhavam em sujeição e submissão uns aos outros.

O maior patrimônio de uma nação é o espírito de luta de seu povo e a maior ameaça para uma nação é a desagregação desse espírito.

 

4. UMA CÉLULA QUE CRESCE É AQUELA ONDE OS DONS ESPIRITUAIS SÃO EXERCIDOS LIVREMENTE.

 Existem oito listas de dons espirituais no Novo Testamento, com um total de cerca de 27 dons. A Bíblia não diz que estes são todos. Com certeza existem muito mais dons do Espírito. Eis alguns: Palavra da Sabedoria, Palavra do conhecimento, Discernimento de Espírito, Fé, Curas, Milagres, Línguas, Profecia, Interpretação, Ensino, Exortação, Serviço, Hospitalidade, Contribuição, Misericórdia, Pastor, Administração, Liderança, Socorro, e muitos outros.

Vemos todos estes dons sendo manifestados na igreja primitiva (At 4.30; 3.2-9; 2.4; 4.36,37; 6.4).

Todos os dons de Cristo são como ele mesmo: espirituais e celestiais. Thomas Brooks.

Os dons espirituais não são brinquedos; são ferramentas do Espírito para que a obra de Deus seja feita com eficiência. G. Raymond Carlson.

Dons espirituais não são prova de espiritualidade. Samuel Chadwic.

Você não pode ter os dons de Cristo sem ter o governo de Cristo. A. Lindsay …

CONCLUSÃO

Esta célula é uma célula que ora? É uma célula que tem uma liderança madura e cheia do Espírito? É uma célula que tem visão? É uma célula onde os dons espirituais são livremente exercidos para sua edificação? Se sim, isto já é um começo!!!!!

 

Crescendo com seus discípulos

Resultado de imagem para crescendo
Resultado de imagem para crescendo
TEXTO – 2 Reis 13.14-19

Ora, Eliseu estava sofrendo da doença da qual morreria. Então Jeoás, rei de Israel, foi visitá-lo e, curvado sobre ele, chorou gritando: “Meu pai! Meu pai! Tu és como os carros e os cavaleiros de Israel! ” 15 E Eliseu lhe disse: “Traga um arco e algumas flechas”; e ele assim fez. 16 “Pegue o arco em suas mãos”, disse ao rei de Israel. Quando pegou, Eliseu pôs suas mãos sobre as mãos do rei 17 e lhe disse para abrir a janela que dava para o leste e atirar. O rei o fez, então Eliseu declarou: “Esta é a flecha da vitória do Senhor, a flecha da vitória sobre a Síria! Você destruirá totalmente os arameus, em Afeque”.18 Em seguida Eliseu mandou o rei pegar as flechas e golpear o chão. Ele golpeou o chão três vezes e parou. 19 O homem de Deus ficou irado com ele e disse: “Você deveria ter golpeado o chão cinco ou seis vezes; então iria derrotar a Síria e a destruiria completamente. Mas agora você a derrotará somente três vezes”.

 

INTRODUÇÃO

Esse texto fala da experiência entre o profeta Eliseu e o rei Jeoás, e que hoje podemos aplicar em nossa vida como discípulos e discipuladores.

1. SE VOCÊ QUER APRENDER, OBEDEÇA ÀS INSTRUÇÕES DO SEU INSTRUTOR. (LÍDER)

Daquele que está lhe ensinando. Obedeça às orientações do seu líder pastoral, do seu pai e de sua mãe espiritual dentro da estruturada de sua igreja local da qual você está inserido.

2. NUNCA DESPREZE ALGO QUE O SEU LÍDER QUER LHE ENSINAR.

Se alguém quiser lhe ensinar alguma coisa que você já sabe, prontifique-se humildemente a aprender, pois há sempre um ângulo novo que pode ser acrescentado ao nosso aprendizado. Nenhum ser humano é onisciente, ninguém sabe tudo de maneira completa.

3. SE VOCÊ QUER ENSINAR ALGUMA COISA AO SEU DISCÍPULO, É NECESSÁRIO QUE ANTES VOCÊ TENHA DOMÍNIO, CONHECIMENTO, SEGURANÇA DAQUILO QUE VOCÊ VAI ENSINAR.

Há muitos imaturos querendo ensinar sobre o que não tem domínio ou autoridade.

Só posso aprovar aquilo no qual fui aprovado.

Há muitos querendo falar às famílias, quando sua própria família está toda desmantelada, querendo ensinar sobre oração, quando ela mesma não ora. Sobre discipulado, quando anda deixando rastros de abandono, sobre Reino de Deus, quando, na realidade, está edificando seu próprio reino e  etc.

4. SE VOCÊ QUER QUE SUA INSTRUÇÃO SEJA EFICAZ, PRATIQUE COM O SEU DISCÍPULO.

A imitação, o modelo é fundamental para o aprendizado.

Como é que o seu discípulo vai poder crescer se você não estuda a Bíblia com ele, não ora com ele, não sai para evangelizar com ele? Temos que consolidar a Visão de Deus a partir do exemplo e não através de um discurso!

5. SE VOCÊ TEM DÚVIDAS SOBRE A INSTRUÇÃO QUE ESTÁ RECEBENDO, PERGUNTE NOVAMENTE.

Essa foi uma grande falha do rei Jeoás. Não perguntou quantas flechas podia atirar.

Se você não sabe que decisão vai tomar naquela área, pergunte. Se tem dúvida, pergunte.

OBS. Muitas vezes os liderados não perguntam porque são coagidos pelos líderes, são tachados de limitados e sem valor (este não é o caso do texto, mas serve como um alerta). Um líder que governa com “punhos de ferro” nunca possuirá a verdadeira paz ou frutificação naquilo que faz… uma hora ou outra, ele será tragado pelo seu próprio estilo de liderança. Muitas organizações andam sob ameaça porque, nitidamente discursam uma coisa e vivem outra… tudo isso tem prazo de validade. “Reflita sobre seu estilo de liderança!!!!! ”  

6. SE VOCÊ QUER SOLUÇÕES PARA OS SEUS PROBLEMAS, PROCURE IR À PESSOA CERTA.

  • Rei Jeoás correu para o profeta.
  • Foi ao homem de Deus.
  • A maior autoridade neo testamentária aqui na terra é Jesus e o mesmo delegou esta autoridade aos líderes, pastores etc.

CONCLUSÃO

“Deus dotou você de capacidade e de poder de decisão. Você tem um grande potencial. Seja sempre disponível sabedor que Deus está no supremo comando de todas as coisas”.

Discipulando

Resultado de imagem para discipulando

A Visão Celular é uma Visão de relacionamento!!
O discipulado leva o povo ao compromisso com resposta. Vamos restaurar a linguagem do discipulado, não permitindo que seja usada fora do contexto, para que, quando as pessoas disserem que estão sendo discipuladas, possam dessa forma expressar-se corretamente, ou pelo menos, da forma mais apropriada do significado real da palavra, segundo o modelo de Jesus.

1. Discipulado é intimidade

“E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade…” (Jo 1:14)

“E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Ajudador, para que fique convosco para sempre.” (Jo 14:16)

Precisamos voltar aos Princípios Bíblicos, pois eles são eternos. Jesus está trazendo a Sua Igreja ao discipulado novamente. Ao vir a Terra e nos salvar, Ele morreu, ressuscitou e decidiu morar dentro de nós.

Jesus habita dentro de nós. Este é um ato que nos consolida diariamente. O discipulado de Jesus é: fazer morada. Este é o discipulado do Mestre: gerar intimidade de morada, conhecer a nossa morada e Se fazer conhecido por nós.

Muitas vezes, no corre-corre do dia a dia, muitos discipuladores não conhecem a casa dos discípulos, mas creio que se esforçarão para parecer com Jesus. É muito importante que o discipulador conheça onde mora o discípulo, porém, para o discípulo, isso não pode ser motivo para criar argumentos dizendo que o seu discipulador não o ama por causa disso.

2. Discipulado é abrir portas

“Voltando-se Jesus e vendo que O seguiam, perguntou-lhes: Que buscais? Disseram-Lhe eles: Rabi (que, traduzido, quer dizer Mestre), onde pousas? Respondeu-lhes: Vinde, e vereis. Foram, pois, e viram onde pousava; e passaram o dia com Ele; era cerca da hora décima.” (Jo 1:38-39)

Faça o seu papel de discipulador. Sente-se à mesa com seus discípulos. Discipulado é abrir as portas para relacionamento. Discipulado é caminhar lado a lado. Se as pessoas não conhecem a sua casa porque você fecha a porta, significa que há coisas em sua vida que elas não podem saber. Então, resolva-se. Ter discípulos fala de caminhar de portas abertas, de relacionar-se. Quem não se relaciona não pode fazer discípulo.

Não deixe que por uma situação mal resolvida entre você e o seu discípulo ou entre o seu discípulo e você, a palavra discipulado seja queimada. Faça bom uso da palavra e dos ensinamentos do Mestre, o Melhor discipulador da história. A palavra discipulado não é para ser usada só na fala, mas na prática. Os discípulos precisam se sentir amados.

3. Discipulado é frutificar

“Nisto é glorificado meu Pai, que deis muito fruto; e assim sereis meus discípulos.” (Jo 15:8)

No Salmo 1, a Palavra diz que o justo é como árvore frutífera que dá o fruto na estação própria, cujas folhas não murcham. As folhas são as células (Ap 2:2). A árvore busca água no rio através da raiz, mas para isso não muda de ambiente. Assim, você e os seus discípulos precisam ser. Vocês precisam ir buscar água onde ela estiver, mas sem sair do lugar em que estão plantados e ali FRUTIFICAR.

Esta é a visão do discipulado: Frutificar onde está plantado, gerando relacionamento, sem gastar a palavra discipulado de forma desnecessária.

4. Discipulado é prática

“Antes da festa da Páscoa, sabendo Jesus que era chegada a Sua hora de passar deste mundo para o Pai, e havendo amado os Seus que estavam no mundo, amou-os até o fim.” (Jo 13:1)

Se o discipulador é coerente, ele sempre consolida o ministério do discípulo através de reuniões, Macrocélulas, aconselhamentos, etc. Discipulado é prática, e todo líder que investe em seus discípulos alcança um discipulado com resposta, pois todo discipulado trabalha por uma resposta. Em todo o ministério de Jesus, vemos o Mestre andando junto com os Seus discípulos, ensinando-os e comissionando-os. Ele os amou e investiu na vida de cada um deles.

O lugar que amamos é o lugar no qual sentimos prazer de ficar. Faça com que seus discípulos sintam-se amados. Gere relacionamento com eles, cumprindo cada um dos passos acima. E chegará um momento em que o relacionamento no discipulado se tornará um estilo de vida para você e para os seus discípulos.

O Evangelho do Reino e o Estado das Ovelhas

Resultado de imagem para reino de deus

Procura conhecer o estado das tuas ovelhas (Provérbios 27.23)

Então Moisés disse a Josué: “Escolha alguns dos nossos homens e lute contra os amalequitas. Amanhã tomarei posição no alto da colina, com a vara de Deus em minhas mãos”.

Êxodo 17:9

————–
Esse poder ele exerceu em Cristo, ressuscitando-o dos mortos e fazendo-o assentar-se à sua direita, nas regiões celestiais,
muito acima de todo governo e autoridade, poder e domínio, e de todo nome que se possa mencionar, não apenas nesta era, mas também na que há de vir.
Deus colocou todas as coisas debaixo de seus pés e o designou como cabeça de todas as coisas para a igreja,

Efésios 1:20-22


1 – Conheça o estado das ovelhas através da oração.

Enquanto Moisés mantinha as mãos erguidas, os israelitas venciam

Êxodo 17.11

Em verdade vos digo que tudo o que ligardes na terra terá sido ligado nos céus, e tudo o que desligardes na terra terá sido desligado nos céus

Mateus 18.18

Alguns pedem a Deus para abençoar seus próprios planos e projetos.

x

Outros buscam honestamente os planos e projetos de Deus.

5 Confie no SENHOR de todo o seu coração e não se apóie em seu próprio entendimento;

6 reconheça o SENHOR em todos os seus caminhos, e ele endireitará as suas veredas  (Provérbios 3.5-6).

1.1 – Ouça a Deus acerca do  estado das ovelhas.

1.2 – Siga as diretrizes DELE.

1.3 – Ore com a fé que provém da Palavra (RHEMA) que você recebeu.

Romanos 10.17

1.4 – No mundo espiritual: Domínio e autoridade (Controlando as circunstâncias). Reinando com Cristo.


2 – Transforme o estado das ovelhas através do discipulado

Josué foi então lutar contra os amalequitas, conforme Moisés tinha ordenado” (Êxodo 17.10).

E Josué derrotou o exército amalequita ao fio da espada

(Êxodo 17.13).

Jesus (Josué) derrotou a carne (amalequitas) com seu exército de discipuladores.

3 segredos principais para ver a transformação de suas ovelhas

– Intimidade com Deus (sua e delas);

– Uma vida de oração (sua e delas);

– Discipulado profundo e com qualidade.

2.1 – Amor, carinho, cuidado, e amizade.

2.2 – Compromisso, seriedade e disciplina.

  • Uma hora certa e um dia certo toda semana.
  • “Poucos” discípulos.
  • Tem que ser fiel.
  • Temos que priorizar isso.

até o pôr-do-sol. E Josué derrotou o exército amalequita

Êxodo 17.12b a 13a

2.3 -Trabalhe as prioridades.

  • Relacionamento com Deus (TSD, tentações, etc.).
  • Relacionamento com a esposa
  • Criação dos filhos
  • Discípulos
  • Células

2.4 – Finanças, atitudes, agenda (inclui o dia da família)

2.5 – Sonhos de Deus para a vida de seu discípulo.
Nós o proclamamos, advertindo e ensinando a cada um com toda a sabedoria, a fim de que apresentemos todo homem perfeito em Cristo.
Para isso eu me esforço, lutando conforme a sua força, que atua poderosamente em mim.

Colossenses 1:28,29

——-

Embora, como apóstolos de Cristo, pudéssemos ter sido um peso, tornamo-nos bondosos entre vocês, como uma mãe que cuida dos próprios filhos.
Sentindo, assim, tanta afeição por vocês, decidimos dar-lhes não somente o evangelho de Deus, mas também a nossa própria vida, porque vocês se tornaram muito amados por nós.

1 Tessalonicenses 2:7,8

——-

Pois vocês sabem que tratamos cada um como um pai trata seus filhos,
exortando, consolando e dando testemunho, para que vocês vivam de maneira digna de Deus, que os chamou para o seu Reino e glória.

1 Tessalonicenses 2:11,12


 

 

 

8 Segredos de Neemias

Resultado de imagem para Neemias

1.Não se conformou com a situação.

2.Muita oração e jejum.

3.Dirigido por Deus.

4.Abençoado pelas autoridades.

5.Planejamento sério e depois ações concretas.

6.Todos mobilizados com entusiasmo e determinação.

7.Mesmo diante das perseguições e dificuldades, havia perseverança até a conclusão da obra em tempo recorde.

8.Abriu-se o caminho para restauração espiritual, avivamento glorioso e alegria sobrenatural.

3 Tipos de Pessoas

1.Os inimigos de Neemias

2.Os observadores de Neemias

3.Os amigos de Neemias

O que fazer nos momentos mais difíceis?

Imagem relacionada

Quando Davi e seus soldados chegaram a Ziclague, no terceiro dia, os amalequitas tinham atacado o Neguebe e Ziclague, e haviam incendiado a cidade.
Levaram como prisioneiros todos os que lá estavam: as mulheres, os jovens e os idosos. A ninguém mataram, mas os levaram consigo, quando prosseguiram seu caminho.
Ao chegarem a Ziclague, Davi e seus soldados encontraram a cidade destruída pelo fogo e viram que suas mulheres, filhos e filhas haviam sido levados como prisioneiros.
Então Davi e seus soldados choraram em alta voz até não terem mais forças.
As duas mulheres de Davi também tinham sido levadas: Ainoã de Jezreel, e Abigail de Carmelo, a que fora mulher de Nabal.
Davi ficou profundamente angustiado, pois os homens falavam em apedrejá-lo; todos estavam amargurados por causa de seus filhos e suas filhas. Davi, porém, fortaleceu-se no Senhor seu Deus.
Então Davi disse ao sacerdote Abiatar, filho de Aimeleque: “Traga-me o colete sacerdotal”. Abiatar o trouxe a Davi,
e ele perguntou ao Senhor: “Devo perseguir este bando de invasores? Irei alcançá-los? ” E o Senhor respondeu: “Persiga-os; é certo que você os alcançará e conseguirá libertar os prisioneiros”.
Davi e os seiscentos homens que estavam com ele foram ao ribeiro de Besor, onde ficaram alguns,
pois duzentos deles estavam exaustos demais para atravessar o ribeiro. Todavia, Davi e quatrocentos homens continuaram a perseguição.
Encontraram um egípcio no campo e o trouxeram a Davi. Deram-lhe água e comida:
um pedaço de bolo de figos prensados e dois bolos de uvas passas. Ele comeu e recobrou as forças, pois tinha ficado três dias e três noites sem comer e sem beber.
Davi lhe perguntou: “A quem você pertence e de onde vem? ” Ele respondeu: “Sou um jovem egípcio, servo de um amalequita. Meu senhor me abandonou quando fiquei doente há três dias.
Nós atacamos o Neguebe dos queretitas, o território que pertence a Judá e o Neguebe de Calebe. E incendiamos a cidade de Ziclague”.
Davi lhe perguntou: “Você pode levar-me até esse bando de invasores? ” Ele respondeu: “Jura, diante de Deus, que não me matarás nem me entregarás nas mãos de meu senhor, e te levarei até eles”.
Quando ele levou Davi até lá, eles estavam espalhados pela região, comendo, bebendo e festejando os muitos bens que haviam tomado da terra dos filisteus e de Judá.
Davi os atacou no dia seguinte, desde o amanhecer até à tarde, e nenhum deles escapou, com a exceção de quatrocentos jovens que montaram em camelos e fugiram.
Davi recuperou tudo o que os amalequitas tinham levado, incluindo suas duas mulheres.
Nada faltou; nem jovens, nem velhos, nem filhos, nem filhas, nem bens nem qualquer outra coisa que fora levada. Davi recuperou tudo.
E tomou também todos os rebanhos dos amalequitas, e seus soldados os conduziram à frente dos outros animais, dizendo: “Estes são os despojos de Davi”.
Então Davi foi até os duzentos homens que estavam exaustos demais para segui-lo e tinham ficado no ribeiro de Besor. Eles saíram para encontrar Davi e os que estavam com ele. Ao se aproximar com seus soldados, Davi os saudou.

1 Samuel 30:1-21

3 Coisas que Davi fez nos momentos difíceis: são três segredos que Davi usou para alcançar a vitória nos momentos difíceis.

1. Adoração

“… Porém Davi se reanimou no Senhor, seu Deus”.
Isso é verdadeira adoração.

Adoração não é só cantar, mas é saber usufruir dos recursos infinitos do amor de Deus através de uma busca profunda na presença do Senhor.

Muitas vezes é criada uma dependência mórbida no homem, colocando a confiança no homem ao invés de correr para o Senhor e se reanimar nEle e se fortalecer nEle. Esse é o maior dos segredos – Intimidade com Deus, comunhão profunda com Jesus.

2. Oração
“Então consultou Davi ao Senhor…”
Tire tempo para buscar a Deus, para orar, para buscar a orientação de Deus para toda e qualquer situação da sua vida.  – E como Ele nos responde? – De muitas formas, mas todas essas formas devem testificar com a palavra e devemos ter a paz de Cristo em nossos corações.

Devemos lembrar que a oração deve ser um diálogo, devemos conversar com Deus, pergunte a Deus a o que Ele acha sobre determinada situação, leia a Bíblia durante a oração, não chegue apenas com uma lista de pedidos, mas fale com Deus.

3. Determinação

Determinação em obedecer a Deus
Determinação em ajudar os necessitados

Experimente tirar os olhos de si mesmo e olhar para as necessidades dos outros. Com uma atitude de fé e confiança que Deus já resolveu o seu problema saia buscando ajudar os outros a resolverem os seus problemas.

Determinação na compaixão pelos exaustos

Precisamos ser compassivos e ajudar os que estão cansados, aqueles que não estão conseguindo acompanhar o pique, que muitas vezes erram. Temos que ter compaixão.

Observe que há uma mesma palavra nessas três palavras que é AÇÃO!

Tem que ter uma AÇÃO de fé na adoração, na oração e na determinação!

Precisamos saber que temos recursos infinitos dentro de nós, para suprir qualquer necessidade, para vencer qualquer desafio porque Ele – Jesus –  mora em nós e maior é Ele que mora em nós do que aquele que está no mundo. Aleluia!