Amor e Perdão – Série Inéditos 6 – prandrelda

Amor e Perdão – Pr. José Sena (Igreja da Paz SANTARÉM)

Texto: I Jo. 4: 7-12

7   Amados, amemo-nos uns aos outros, porque o amor é de Deus; e qualquer que ama é nascido de Deus e conhece a Deus. 8   Aquele que não ama não conhece a Deus, porque Deus é amor. 9   Nisto se manifestou o amor de Deus para conosco: que Deus enviou seu Filho unigênito ao mundo, para que por ele vivamos. 10   Nisto está o amor: não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou e enviou seu Filho para propiciação pelos nossos pecados. 11   Amados, se Deus assim nos amou, também nós devemos amar uns aos outros. 12   Ninguém jamais viu a Deus; se nós amamos uns aos outros, Deus está em nós, e em nós é perfeito o seu amor.

 

Introdução – Se pudéssemos definir o estado emocional deste mundo, chegaríamos à conclusão de que é um mundo sem amor. É só sentarmos para assistir os noticiários televisivos e ver que notícia após notícia revela um panorama de violência, discórdia, ódio, tragédias e mortes. Com todo o avanço tecnológico, desenvolvimento industrial e econômico, pouco se tem melhorado, no que concerne a mudanças no comportamento do homem. Nunca se cometeu tantas perversidades e maldades como nesse tempo. O homem está cada vez mais perverso.

 

  1. Por que o homem se encontra nesse estado espiritual? Por que muitos se têm odiado cada vez mais?

 

  • Porque o homem se afastou do amor de Deus, e se enveredou pelo caminho do pecado.
  • O homem precisa conhecer o amor de Deus e experimentá-lo em sua plenitude.

 

I Jo. 4: 7 – Amados, amemo-nos uns aos outros, porque o amor é de Deus; e qualquer que ama é nascido de Deus e conhece a Deus.

 

  • Porque quem nunca conheceu a Deus nunca experimentou o amor.

 

I Jo. 4: 8 – Aquele que não ama não conhece a Deus, porque Deus é amor.

 

  • Porque nossa capacidade de amar é maior e mais apurada quando recebemos amor.
  • Quem não recebe amor é incapaz de amar ou o amor é difícil de ser estabelecido em sua vida.

 

Deus é amor, Ele é a própria substância, a plenitude, a origem e a totalidade do amor, Deus é a própria essência do amor, Ele ama porque é amor, Ele não faz nenhum esforço para isso.

 

  • Portanto só ama verdadeiramente aquele que nasceu de Deus.

 

  1. As diversas faces do amor de Deus

 

  1. Amor sem interesses

 

  • Não pelo que somos
  • Não pelo que temos
  • Não pelo que fazemos

 

  1. Amor sem discriminação

 

  1. 10: 17Pois o SENHOR, vosso Deus, é o Deus dos deuses e o Senhor dos senhores, o Deus grande, poderoso e terrível, que não faz acepção de pessoas, nem aceita recompensas;

 

  1. Amor sem falsidade

 

  1. 12: 9 – O amor seja não fingido. Aborrecei o mal e apegai-vos ao bem.

 

  1. Amor com fidelidade

 

II Tm. 2: 13 – se formos infiéis, ele permanece fiel; não pode negar-se a si mesmo.

 

  1. Amor Compromissado

 

II Jo. 1: 16 – Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele.

  • Se amamos a Deus somos compromissados com Ele. Não podemos amar a Deus e ter aliança com as coisas do mundo.
  • Músicas do mundo
  • Comportamento mundano nas redes sociais. Não podemos ser crentes na igreja, mas mundanos no facebook.
  • Se amamos a Deus seremos compromissados 100% com Ele.
  • Não podemos ser noiva de Cristo e ter um caso com o diabo.

 

  1. Amor com Intensidade

 

  1. 31: 3 – Há muito que o SENHOR me apareceu, dizendo: Com amor eterno te amei; também com amável benignidade te atraí.

 

  1. Amor com sacrifício

 

  1. 3: 16 – Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

 

  1. Três aspectos do PERDÃO

 

  1. Como você pode receber o perdão de Deus?

 

  • O primeiro passo é reconhecer que és pecador e que necessitas do perdão de Deus. 3: 23
  • O segundo passo é arrepender-se de todo coração, abandonando de uma vez para sempre a vida velha pecaminosa. 17: 30
  • O terceiro passo é receber, pela fé, Jesus como Senhor de sua vida. 10: 9, 10

 

  1. Por que você precisa perdoar o seu próximo?
  • Para que a bênção do Senhor esteja sobre a minha vida

Romanos 12:18 – “se possível, quanto depender de vós, tende paz com todos os homens;”

 

  1. Por que você precisa procurar o perdão do seu próximo?

Muitas vezes ouvimos alguém dizer:

“- Ele está de mal comigo, mas eu não fiz nada contra ele!”

O que eu devo fazer?

 

Mateus 18:15-17  – “Se teu irmão pecar [contra ti], vai argüi-lo entre ti e ele só. Se ele te ouvir, ganhaste a teu irmão. Se, porém, não te ouvir, toma ainda contigo uma ou duas pessoas, para que, pelo depoimento de duas ou três testemunhas, toda palavra se estabeleça. E, se ele não os atender, dize-o à igreja; e, se recusar ouvir também a igreja, considera-o como gentio e publicano.”

 

Conclusão – Deus é amor, e o amor de Deus nos dá a verdadeira razão de viver em um mundo de paz, sem ódio e sem violência. Estamos vivendo os últimos dias de 2013, faça uma reflexão de como foi para você cada dia desse ano e se determine a viver o ano que se aproxime (2014), amando, perdoando e fazendo o melhor para Deus.

Anúncios

Um comentário sobre “Amor e Perdão – Série Inéditos 6 – prandrelda

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s