ADORAÇÃO – Alguns termos

Culto, honra, reverência e homenagem prestados a poderes superiores, sejam seres humanos, anjos ou Deus (Sl 96.9). Na Bíblia há quatro etapas de desenvolvimento da adoração a Deus.
1) Os patriarcas adoravam construindo altares e oferecendo sacrifícios (Gn 12.7-8; 13.4).
2) Em seguida veio a adoração no TABERNÁCULO e no Templo, com um sistema completo de SACRIFÍCIOS.
3) A adoração nas SINAGOGAS começou durante o CATIVEIRO.
4) Da adoração cristã fazem parte pregação (At 20.7), leitura das Escrituras (1Tm 4.13), oração (1Tm 2.8), louvor (Ef 5.19) e ofertas (1Co 16.1-2), além de batismos (At 2.37-41) e da ceia do Senhor (1Co 11.23-29).

TABERNÁCULO
Grande barraca na qual eram realizados os atos de adoração durante o tempo em que os israelitas andaram pelo deserto, depois da sua saída do Egito (Êx 25—27). O tabernáculo continuou a ser usado até que o TEMPLO foi construído, no tempo do rei Salomão.

TABERNÁCULOS, FESTA DOS
Festa dos israelitas para lembrar o tempo em que os seus antepassados haviam morado em barracas na viagem pelo deserto, do Egito à TERRA PROMETIDA (Lv 23.33-36). Começava no dia 15 do mês de ETANIM e durava uma semana (mais ou menos a primeira semana de outubro).

SACRIFÍCIOS E OFERTAS
Animais, cereais ou bebidas entregues a Deus como parte do culto de adoração. Em Levítico 1.1—7.21 são descritos estes cinco tipos principais de sacrifícios e ofertas:
1) Holocausto, em que o animal era completamente queimado no altar (1.1-17; 6.8-13).
2) Oferta de manjares, isto é, de cereais (2.1-16; 6.14-23).
3) Sacrifício pacífico ou de paz (3.1-17; 7.11-21).
4) Oferta pelo pecado, isto é, para tirar pecados (4.1—5.13; 6.24-30).
5) Oferta pela culpa, isto é, para tirar a culpa (5.14—6.7; 7.1-7). Das ofertas de paz havia três tipos: por gratidão a Deus (7.12), para pagar voto ou promessa (7.16) e a voluntária, que era trazida de livre e espontânea vontade (7.16). Além dessas havia também a libação, tipo de oferta em que se derramava vinho (Lv 23.13). Os passos para a apresentação de um sacrifício de animal eram, com variações, os seguintes: a) O ofertante se purificava (V. PURIFICAÇÃO), e o animal era examinado por funcionários do Templo. b) O ofertante levava o animal ao altar, que ficava do lado de fora do Templo, e o apresentava ao sacerdote. c) O ofertante punha as mãos na cabeça do animal como sinal de que o estava dedicando a Deus. d) O ofertante ou o sacerdote matava o animal, cortando as artérias do pescoço. e) O sacerdote borrifava um pouco do sangue nos lados do altar. f) O sacerdote tirava o couro, que ficava para ele. g) Aí cortava o animal em pedaços e os colocava sobre a lenha do altar. h) A carne era toda queimada ou só uma parte dela, conforme o tipo do sacrifício. Depois do sacrifício pacífico havia uma refeição comum, em que o sacerdote e o ofertante comiam parte da carne do animal. Os sacrifícios do AT eram provisórios (Hb 10.4) e apontavam para o Cordeiro de Deus (Jo 1.29; Hb 9.9-15), cujo sangue (sua morte na cruz) nos limpa de todo pecado (1Jo 1.7).

SINAGOGA
Casa de oração dos judeus, que começou a existir provavelmente durante o CATIVEIRO. As sinagogas se espalharam pelo mundo bíblico. Nelas, adultos e crianças adoravam a Deus, oravam e estudavam as ESCRITURAS (Lc 4.16-30). A doutrina cristã se espalhou entre os judeus por meio das sinagogas (At 13.13-15), cuja organização e forma de culto foram adotadas pelas igrejas cristãs.

Adorai
Strong’s Hebrew #7812
07812 שחה shachah
uma raiz primitiva; DITAT – 2360; v.
1) inclinar-se
1a) (Qal) inclinar-se
1b) (Hifil) deprimir (fig.)
1c) (Hitpael)
1c1) inclinar-se, prostrar-se
1c1a) diante de superior em deferência
1c1b) diante de Deus em adoração
1c1c) diante de deuses falsos
1c1d) diante dum anjo
Strong, J., & Sociedade Bíblica do Brasil. 2002; 2005. Léxico Hebraico, Aramaico e Grego de Strong. Sociedade Bíblica do Brasil
Tense/Voice/Mood #8690
08690
Tronco – Hitpael Veja 8819
Modo – Imperativo Veja 8810
Ocorrências – 71

João 4:23 – Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem.

adorarão
Strong’s Greek #4352
4352 προσκυνεω proskuneo
de 4314 e um provável derivado de 2965 (significando beijar, como um cachorro que lambe a mão de seu mestre); TDNT – 6:758,948; v
1) beijar a mão de alguém, em sinal de reverência
2) entre os orientais, esp. persas, cair de joelhos e tocar o chão com a testa como uma expressão de profunda reverência
3) no NT, pelo ajoelhar-se ou prostrar-se, prestar homenagem ou reverência a alguém, seja para expressar respeito ou para suplicar
3a) usado para reverência a pessoas e seres de posição superior
3a1) aos sumo sacerdotes judeus
3a2) a Deus
3a3) a Cristo
3a4) a seres celestes
3a5) a demônios
Tense/Voice/Mood #5692
5692
Tempo – Futuro Ver 5776
Voz – Ativa Ver 5784
Modo – Indicativo Ver 5791
Contagem – 813

Bibliografia

Strong, J., & Sociedade Bíblica do Brasil. 2002; 2005. Léxico Hebraico, Aramaico e Grego de Strong. Sociedade Bíblica do Brasil

Kaschel, W., Zimmer, R., & Sociedade Bíblica do Brasil. 1999; 2005. Dicionário da Bíblia de Almeida 2ª ed. Sociedade Bíblica do Brasil

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s