Desenvolvendo gerações com uma cosmovisão cristã

 Tema: Desenvolvendo gerações com uma cosmovisão cristã

EDUCAÇÃO

FUNDAMENTO ESSENCIAL PARA UMA NAÇÃO CRISTÃ

Se queremos construir uma nação cristã livre precisamos estabelecer fundamentos bíblicos para a Educação, Governo, Economia e Política.
O princípio de semeadura e colheita se aplica para implantarmos a Verdade de Deus nas nações. É num processo gradual, através da Educação Cristã, que as sementes são plantadas e cuidadas, para produzir frutos em todos os aspectos da vida: pessoal, social, político e econômico.

Esta tarefa envolve família, igreja e escola cristã comprometidas na educação de uma geração que esteja preparada e habilitada para aplicar princípios bíblicos em todas as áreas da vida.

Vivemos um momento no Brasil em que a educação é reconhecida como prioridade nacional.

Neste contexto, a educação é uma questão estratégica tanto no estabelecimento do Reino de Deus, quanto no desenvolvimento de nossa nação.

É nosso dever como cristãos oferecer a esta geração e às próximas, uma educação escolar de qualidade, fundamentada em princípios bíblicos, preparando-os para cumprir o propósito de Deus e exercer responsavelmente suas vocações na sociedade.

EDUCAÇÃO POR PRINCIPIOS

A Educação por Princípios é uma maneira de ensinar e aprender que coloca a Palavra de Deus no coração de cada matéria e ensina o aluno como pensar e aprender.

É um método de educação que libera o potencial do indivíduo, forma o caráter cristão, constrói uma erudição baseada numa cosmovisão cristã e habilita líderes servidores.

PRINCIPAIS DIFERENCIAIS:

  • O processo de ensino e aprendizagem envolve: pesquisa, raciocínio, relacionamento, registro/ aplicação;
  • Caderno de Anotações como instrumento para registro e domínio da aprendizagem pessoal;
  • Abordagem tutorial que identifica o estilo de aprendizagem de cada aluno;
  • Princípios de caráter cristão permeiam todo o processo de ensino e aprendizagem;
  • Perspectiva providencial da História;
  • Participação integrada da família.


O QUE É EDUCAÇÃO POR PRINCÍPIOS

Entendemos educação em seu sentido amplo como o processo de transmitir à próxima geração conhecimento e valores que a capacitem a uma participação construtiva na sociedade. Educar uma criança é trabalhar em um projeto de vida, o que compete primordiamente aos pais, como responsáveis diretos pelos resultados.

Conforme apresentada por Rosalie J. Slater (The Principle Approach – F.A.C.E. – Fundation for American Christian Education, EUA), que definiu e estruturou essa abordagem, Educação por Princípios é “um método cristão histórico de raciocínio bíblico, que faz das verdades da Palavra de Deus a base de cada assunto no currículo escolar”.

Baseia-se na aplicação de quatro passos: Pesquisar, Raciocinar, Relacionar e Registrar, para promover o raciocínio com padrões cristãos e a expansão do entendimento”.

O sistema educacional baseado na Educação por Princípios integraliza filosofia (o porquê), currículo (o quê) e metodologia (o como) cristãs.

 

PRINCÍPIOS BÍBLICOS DO ENSINO CRISTÃO

A base para os princípios bíblicos do ensino cristão está em Deuteronômio 6.4-7

[4] OUVE, Ó ISRAEL: O SENHOR NOSSO DEUS É O

1º. O primeiro princípio do ensino cristão é o CONHECIMENTO DE DEUS.

 

Sem conhecimento não háDeus (Sl. 53.1). Sem conhecimento somos facilmentedestruídos (Oséias 4.6).

Sem conhecimento não há temor(Pv. 2.1-5); instrução (Pv. 22.6); liberdade (Jo. 8.32; Gl 5.1-15); luz (Sl. 119.105); força (Cl. 1.10-11); felicidade eprosperidade (Sl 1.1-1.1-6); salvação (Rm. 10.17).
2º. O segundo princípio do ensino cristão é a OBEDIÊNCIA. É por meio da obediência que amamos a Deus (1Jo 4.7); nos tornamos servos (Rm 6.16); adoradores por excelência (Jo4.20-24); amigos de Deus (Jo 15.14) e nos tornamos filhos,eleitos e amados do Senhor (1Pe 1.1-12). Como deve ser a obediência? De coração (Rm 6.17,18); voluntariamente (Rm 1.19) e constante (Fp 2.12).

[5] AMARÁS, POIS, O SENHOR, TEU DEUS

3º. O terceiro princípio do ensino cristão é SER EXEMPLO. Épelo exemplo que refletimos a imagem de Deus (Ef. 5.1). Épelo exemplo imitaremos Jesus (1Co 11.1; 1Jo 1.7).É peloexemplo que nos tornaremos servos (Gl 4.12);testemunhamos de Jesus (At 1.1).

 

4º. O quarto princípio do ensino cristão é ENSINAR, que em hebraico é LAMED, que significa instruir, ensinar,aprender. É uma palavra de grande abrangência, e representa muito bem o processo (método) de ensino e aprendizagem que Deus estabeleceu para os pais e filhos.

METODOLOGIA DA ARTE DE ENSINAR

A palavra método vem do grego µέθοδος (méthodos, caminho para chegar a um fim).

METODOLOGIA DO ENSINO POR PERFIL

Basicamente significa alcançar um determinado público

possibilitando um ensino estratégico.

 

 

Ensinar em uma perspectiva cristã.

EDUCAÇÃO POR PRINCÍPIOS

 

A Escola Presbiteriana Erasmo Braga, ao longo de sua história, vem desenvolvendo uma educação diferenciada com base em princípios bíblicos, intensificada, especialmente, a partir de 2000, graças a uma administração que voltou toda atenção a isso colocando para a escola o lema “Filosofia cristã por uma sociedade melhor” .
O processo educacional é aprimorado continuamente, mediante pesquisas que a equipe técnico-pedagógica faz realizando sessões de estudo e participando de congressos sobre essa temática com doutores da Universidade de Filadélfia dos Estados Unidos, através da Associação Internacional de Escolas Cristãs- ACSI e Associação Internacional de Escolas Presbiterianas-ANEP.

 

O QUE SIGNIFICA EDUCAÇÃO POR PRINCÍPIOS CRISTÃOS?
Educação por princípios é um método de educação cristã que desenvolve o raciocínio a partir dos fundamentos bíblicos identificados em cada conteúdo do currículo escolar. Baseia-se na aplicação de quatro passos: pesquisar, raciocinar, relacionar e registra/aplicar para promover o raciocínio com padrões cristãos e a expansão do conhecimento. Esta abordagem tem demonstrado resultados no aprimoramento acadêmico e do caráter dos educandos, formando cidadãos com uma cosmovisão bíblica que significa ter visão de mundo à luz da perspectiva de Deus, conforme esta é expressada em sua Palavra.
Ao ensinar cada conteúdo numa sequência didática, o professor já relaciona em seu planejamento o princípio bíblico que será trabalhado. São cinco:
Semear e colher:quando alguém dá, semeia, colherá. Semear e colher consistem em duas ações que resultam num processo de crescimento. Este princípio é aplicado, por exemplo, no ensino do conteúdo de ciências “O processo de germinação e disseminação das sementes”.
Soberania: Deus como soberano é a fonte e a força de todas as coisas. Só alguém que é soberano pode delegar algo a outro. A soberania de Deus é trabalhada no conteúdo “Formação dos continentes” em Geografia.
Individualidade é uma identidade distinta, única. No ensino de “Sistema de numeração e operações” este princípio está presente.
União: todas as coisas foram “desenhadas” para funcionarem em harmonia internamente, mesmo que permaneçam distintas. É necessário ter unidade interna antes que exista harmonia externa. O professor de Língua Portuguesa ao ensinar “Concordância verbal e nominal” faz integração a este princípio.
Caráter: uma marca feita através da pressão e conflito, princípio presente no ensino de ” Profissões”, “Relevo e clima”, dentre outros.
Mordomia: é o cuidado tanto com as propriedades internas quanto externas, princípio trabalhado quando se ensina o “Uso correto da língua padrão” em Língua Portuguesa e “Preservação ambiental” em Ciências.
Autogoverno: é o domínio próprio. O plano de Deus é que todas as coisas sejam governadas. Ao ensinar “Jogos” o professor de Educação Física trabalha este princípio e o professor de Matemática o faz ao ministrar “Sistema Monetário”.
A educação por princípios integra Filosofia, Currículo e Metodologia.
A filosofia é centrada na moral cristã, tendo Cristo como fundamento e modelo, abolindo tudo que não tenha compromisso moral.
O currículo define um contexto de aprendizagem consistente, integrando os conteúdos sob a perspectiva de Deus e seu propósito com a Criação. Opõe-se à apresentação fragmentada e meramente informativa dos conteúdos, proporcionando ao aluno uma visão integrada e responsável.
A metodologia desenvolve o raciocínio criativo, constrói o conhecimento através da pesquisa e fundamenta o aprendizado na aplicação dos princípios bíblicos. O ensino é visto como um processo individual adequado à necessidade do educando.
A educação numa perspectiva cristã, não subtrai os conteúdos de ensino dos Parâmetros Curriculares Nacionais postos pelo Ministério da Educação(MEC). Ao currículo escolar são adicionados os princípios definidos e exemplificados anteriormente. A educação por princípios é fundamental ao educando, pois prepara-o para cumprir o propósito de Deus e exercer responsavelmente sua vocação na sociedade.

O currículo visa exercer um papel redentor, direcionando os alunos para uma única fonte de redenção, que é Jesus Cristo. Deus é verdade, a verdade foi criada por Deus e vem de Deus. Além disso, a verdade de Deus nos mostra a realidade. O objetivo do currículo é apresentar essa verdade aos alunos, permitindo que respondam a Deus e causem impacto positivo no mundo e na vida daqueles ao seu redor.
Segundo Amanda Boyce pode ser considerado um ponto de partida para mostrar claramente o amor de Deus. Todos os seres humanos são criados por Deus e para Deus. Logo, o objetivo de todo ensino e aprendizagem é revelar aos alunos sua identidade real. Porém, a identidade dos seres humanos inclui o Ensinar em uma perspectiva cristã.

EDUCAÇÃO POR PRINCÍPIOS

 

A Escola Presbiteriana Erasmo Braga, ao longo de sua história, vem desenvolvendo uma educação diferenciada com base em princípios bíblicos, intensificada, especialmente, a partir de 2000, graças a uma administração que voltou toda atenção a isso colocando para a escola o lema “Filosofia cristã por uma sociedade melhor” .
O processo educacional é aprimorado continuamente, mediante pesquisas que a equipe técnico-pedagógica faz realizando sessões de estudo e participando de congressos sobre essa temática com doutores da Universidade de Filadélfia dos Estados Unidos, através da Associação Internacional de Escolas Cristãs- ACSI e Associação Internacional de Escolas Presbiterianas-ANEP.

O QUE SIGNIFICA EDUCAÇÃO POR PRINCÍPIOS CRISTÃOS?

Educação por princípios é um método de educação cristã que desenvolve o raciocínio a partir dos fundamentos bíblicos identificados em cada conteúdo do currículo escolar. Baseia-se na aplicação de quatro passos: pesquisar, raciocinar, relacionar e registra/aplicar para promover o raciocínio com padrões cristãos e a expansão do conhecimento. Esta abordagem tem demonstrado resultados no aprimoramento acadêmico e do caráter dos educandos, formando cidadãos com uma cosmovisão bíblica que significa ter visão de mundo à luz da perspectiva de Deus, conforme esta é expressada em sua Palavra.
Ao ensinar cada conteúdo numa sequência didática, o professor já relaciona em seu planejamento o princípio bíblico que será trabalhado. São cinco:
Semear e colher:quando alguém dá, semeia, colherá. Semear e colher consistem em duas ações que resultam num processo de crescimento. Este princípio é aplicado, por exemplo, no ensino do conteúdo de ciências “O processo de germinação e disseminação das sementes”.
Soberania: Deus como soberano é a fonte e a força de todas as coisas. Só alguém que é soberano pode delegar algo a outro. A soberania de Deus é trabalhada no conteúdo “Formação dos continentes” em Geografia.
Individualidade é uma identidade distinta, única. No ensino de “Sistema de numeração e operações” este princípio está presente.
União: todas as coisas foram “desenhadas” para funcionarem em harmonia internamente, mesmo que permaneçam distintas. É necessário ter unidade interna antes que exista harmonia externa. O professor de Língua Portuguesa ao ensinar “Concordância verbal e nominal” faz integração a este princípio.
Caráter: uma marca feita através da pressão e conflito, princípio presente no ensino de ” Profissões”, “Relevo e clima”, dentre outros.
Mordomia: é o cuidado tanto com as propriedades internas quanto externas, princípio trabalhado quando se ensina o “Uso correto da língua padrão” em Língua Portuguesa e “Preservação ambiental” em Ciências.
Autogoverno: é o domínio próprio. O plano de Deus é que todas as coisas sejam governadas. Ao ensinar “Jogos” o professor de Educação Física trabalha este princípio e o professor de Matemática o faz ao ministrar “Sistema Monetário”.
A educação por princípios integra Filosofia, Currículo e Metodologia.
A filosofia é centrada na moral cristã, tendo Cristo como fundamento e modelo, abolindo tudo que não tenha compromisso moral.
O currículo define um contexto de aprendizagem consistente, integrando os conteúdos sob a perspectiva de Deus e seu propósito com a Criação. Opõe-se à apresentação fragmentada e meramente informativa dos conteúdos, proporcionando ao aluno uma visão integrada e responsável.
A metodologia desenvolve o raciocínio criativo, constrói o conhecimento através da pesquisa e fundamenta o aprendizado na aplicação dos princípios bíblicos. O ensino é visto como um processo individual adequado à necessidade do educando.
A educação numa perspectiva cristã, não subtrai os conteúdos de ensino dos Parâmetros Curriculares Nacionais postos pelo Ministério da Educação(MEC). Ao currículo escolar são adicionados os princípios definidos e exemplificados anteriormente.
A educação por princípios é fundamental ao educando, pois prepara-o para cumprir o propósito de Deus e exercer responsavelmente sua vocação na sociedade.

O currículo visa exercer um papel redentor, direcionando os alunos para uma única fonte de redenção, que é Jesus Cristo. Deus é verdade, a verdade foi criada por Deus e vem de Deus. Além disso, a verdade de Deus nos mostra a realidade. O objetivo do currículo é apresentar essa verdade aos alunos, permitindo que respondam a Deus e causem impacto positivo no mundo e na vida daqueles ao seu redor.
Segundo Amanda Boyce pode ser considerado um ponto de partida para mostrar claramente o amor de Deus. Todos os seres humanos são criados por Deus e para Deus. Logo, o objetivo de todo ensino e aprendizagem é revelar aos alunos sua identidade real. Porém, a identidade dos seres humanos inclui o reconhecimento da realidade do pecado e, conseqüentemente, da necessidade de redenção. Assim, o currículo visa exercer um papel redentor, direcionando os alunos para uma única fonte de redenção, que é Jesus Cristo. Deus é verdade, a verdade foi criada por Deus e vem de Deus. Além disso, a verdade de Deus nos mostra a realidade. O objetivo do currículo é apresentar essa verdade aos alunos, permitindo que respondam a Deus e causem impacto positivo no mundo e na vida daqueles ao seu redor.
Na visão cristã, o currículo reflete o desdobramento, interpretação e aplicação da verdade de Deus, promove a resposta positiva dos alunos e suas responsabilidades para com Deus, os outros seres humanos e a sociedade, é uma jornada que aprofunda a compreensão da revelação de Deus, tanto em Sua palavra quanto em Seu mundo e as implicações dessa revelação para a vida. Nesta visão o aluno aprende sobre a criação de Deus, como os seres humanos a desenvolveram, e como Deus nos chama para sermos discípulos de Jesus Cristo.
Portanto, um currículo numa visão cristã tem como alvos:

  • Assumir um compromisso com Jesus Cristo e com um modo de viver cristão; estar disposto e ser capaz de servir a Deus, ao próximo e à sociedade.
    • Desenvolver a base, a estrutura e as implicações de uma perspectiva cristã da vida.
    • Aprender sobre o mundo de Deus e sobre como os seres humanos responderam à incumbência que Deus lhes deu de cuidar da Terra.
    • Desenvolver e aplicar conceitos, aptidões e dons criativos que permitam ao aluno causar um impacto transformador sobre sua cultura.
    • Discernir e confrontar os ídolos do nosso tempo: materialismo, hedonismo, cientismo, relativismo, nos quais as pessoas crêem, em vez de Deus.

Elementos fundamentais para o desenvolvimento do currículo fundamentado na Bíblia:

1- Deus criou o mundo, inclusive os seres humanos, feitos à sua imagem. Em Gênesis 1.31, Deus deu aos seres humanos a ordem da Criação. Através disso Deus chama os alunos para aprender, usar e valorizar os elementos matemáticos, físicos, biológicos e suas teorias, com base nos preceitos bíblicos. Em cada aprendizagem a reflexão deve ser: Qual o propósito de Deus para esta área específica da criação ou da cultura que estamos pesquisando?
2- Os seres humanos caíram em pecado. Descumpriram a ordem da criação caindo em pecado. Deus prometeu que concederia a redenção dos pecados. Uma vez conscientes disso, a resposta a essa realidade deve ser uma vida de amor a Deus e ao seu mundo.
De que maneira a desobediência humana e o pecado distorceram o propósito de Deus? De que maneira os seres humanos se desviaram das intenções originais de Deus? O currículo escolar para tanto deve tratar dos efeitos do pecado sobre a sociedade e proclamar a esperança para o futuro, pois Deus é fiel (Salmo 146), deve incentivar os alunos a usarem seus dons para servir e amar a Deus e ao próximo, para desenvolver a mente de Cristo(1 Coríntios 2. 16).
3- Deus concedeu a redenção em Jesus Cristo através da morte sacrificial de Seu filho, Deus deu aos seres humanos a possibilidade de redenção. Disso decorre a terceira pergunta com respeito ao currículo: De que maneira é possível, por meio da obra redentora de Cristo, restaurar pelo menos parcialmente o amor, a retidão e a justiça que Deus havia planejado para o mundo? De que maneira o currículo pode levar os alunos a uma compreensão mais profunda, uma experiência e um compromisso com o modo cristão de viver?
O currículo deve conduzir o aluno a valorizar e promover a humildade, a abnegação, a misericórdia, a paz, a justiça, a retidão, a autenticidade, a fidelidade e a generosidade e a se guardar do legalismo e da hipocrisia.
4- Deus cumprirá sua promessa: De que maneira é possível inspirar em nossos alunos um senso de esperança, força e coragem, apesar de todos os problemas e lutas que enfrentam?
O currículo deve dar aos alunos um senso de esperança.
Ao ensinar desintegração familiar, deterioração do ecossistema ou corrupção da mídia é possível explorar com os alunos formas de sinalizar a presença do reino de Deus. Promover tudo o que é justo e amoroso, tanto pessoal quanto em conjunto, como uma comunidade cristã.

reconhecimento da realidade do pecado e, conseqüentemente, da necessidade de redenção. Assim, o currículo visa exercer um papel redentor, direcionando os alunos para uma única fonte de redenção, que é Jesus Cristo. Deus é verdade, a verdade foi criada por Deus e vem de Deus. Além disso, a verdade de Deus nos mostra a realidade. O objetivo do currículo é apresentar essa verdade aos alunos, permitindo que respondam a Deus e causem impacto positivo no mundo e na vida daqueles ao seu redor.
Na visão cristã, o currículo reflete o desdobramento, interpretação e aplicação da verdade de Deus, promove a resposta positiva dos alunos e suas responsabilidades para com Deus, os outros seres humanos e a sociedade, é uma jornada que aprofunda a compreensão da revelação de Deus, tanto em Sua palavra quanto em Seu mundo e as implicações dessa revelação para a vida. Nesta visão o aluno aprende sobre a criação de Deus, como os seres humanos a desenvolveram, e como Deus nos chama para sermos discípulos de Jesus Cristo.
Portanto, um currículo numa visão cristã tem como alvos:

  • Assumir um compromisso com Jesus Cristo e com um modo de viver cristão; estar disposto e ser capaz de servir a Deus, ao próximo e à sociedade.
    • Desenvolver a base, a estrutura e as implicações de uma perspectiva cristã da vida.
    • Aprender sobre o mundo de Deus e sobre como os seres humanos responderam à incumbência que Deus lhes deu de cuidar da Terra.
    • Desenvolver e aplicar conceitos, aptidões e dons criativos que permitam ao aluno causar um impacto transformador sobre sua cultura.
    • Discernir e confrontar os ídolos do nosso tempo: materialismo, hedonismo, cientismo, relativismo, nos quais as pessoas crêem, em vez de Deus.

 

 

PRINCÍPIOS BÍBLICOS NA EDUCAÇÃO SECULAR – AECEP

 

Esses princípios, Deus deu para Adão e Eva no Éden para que vivessem por estes. Um interessante Método de ensino secular baseado nesses principios foi desenvolvido por escolas americanas e hoje aqui no Brasil é muito usado em algumas escolas cristãs.

 

O que são princípios bíblicos? 

 

São ensinamentos básicos, verdades práticas que estão na Palavra de Deus e que devem ser aplicados em todas as áreas da nossa vida: familiar, escolar, espiritual, etc. E que treinam a nossa mente para que possamos discernir o bem do mal. 

Algumas pessoas pensam que o que foi escrito na Palavra é só para aquele tempo antigo, para os apóstolos, os judeus. Mas eles são válidos em todo o tempo, em todo lugar, para todas as pessoas de todas as idades e todas as áreas da nossa vida. Por isso Davi fala no Salmo 119:105: “Lâmpada para os meus pés é a Tua Palavra e luz para os meus caminhos”. Os princípios contidos na Palavra de Deus devem ser guardados em nosso coração. 

Guarde os princípios que hoje mostraremos a voce. Aplique-os diariamente na sua vida e você será bem sucedido em toda a sua vida, amém !

Existem 7 princípios básicos para fundamentarmos a nossa vida:

1- Caráter
2- Mordomia
3- Auto-governo
4- Semear e colher
5- União
6- Individualidade
7- Soberania

Esses sete princípios, Deus deu para Adão e Eva no Éden para que eles vivessem por eles. Um interessante Método de ensino Secular baseado nesses 7 principios foi desenvolvido por escolas americanas e hoje aqui no Brasil é muito usado em algumas escolas evangélicas, mas os princípios podem ser aplicados tanto a católicos, protestantes e judeus. Os princípios são Bíblicos, não somente cristãos, mas da cultura judaico-cristã. 

 

 

 

PRINCÍPIOS BÍBLICOS

 

UNIÃO – Gn 2: 18, 24 “..Não é bom que o homem esteja só”

 

INDIVIDUALIDADE – Gn 2: 19 “Adão deu nome diferentes aos diferentes animais”.

 

SOBERANIA – Gn 2: 21 “Deus é soberano, fez Adão dormir um pesado sono…”

 

MORDOMIA – Gn 2: 15 “Deus colocou Adão no jardim, para ocultivar e o guardar

 

CARÁTER – Gn 2: 16, 17 “Deus lhe deu uma ordem..”

 

AUTO GOVERNO – Gn 2: 17 / 4: 7 “ Deus disse você pode comer ou não da árvore” / “o Seu desejo será contra ti, mas a ti cumpre domina-lo”

 

SEMEAR E COLHER – Gn 3: 17, 18 “atitudes e palavras são sementes, a colheita é certa”

 

 

 

EDUCAÇÃO
FUNDAMENTO ESSENCIAL PARA UMA NAÇÃO CRISTÃ
Se queremos construir uma nação cristã livre precisamos estabelecer fundamentos bíblicos para a Educação, Governo, Economia e Política.
O princípio de semeadura e colheita se aplica para implantarmos a Verdade de Deus nas nações. É num processo gradual, através da Educação Cristã, que as sementes são plantadas e cuidadas, para produzir frutos em todos os aspectos da vida: pessoal, social, político e econômico.
Esta tarefa envolve família, igreja e escola cristã comprometidas na educação de uma geração que esteja preparada e habilitada para aplicar princípios bíblicos em todas as áreas da vida.
Vivemos um momento no Brasil em que a educação é reconhecida como prioridade nacional.
Neste contexto, a educação é uma questão estratégica tanto no estabelecimento do Reino de Deus, quanto no desenvolvimento de nossa nação.
É nosso dever como cristãos oferecer a esta geração e às próximas, uma educação escolar de qualidade, fundamentada em princípios bíblicos, preparando-os para cumprir o propósito de Deus e exercer responsavelmente suas vocações na sociedade.
EDUCAÇÃO POR PRINCÍPIOS
A Educação por Princípios é uma maneira de ensinar e aprender que coloca a Palavra de Deus no coração de cada matéria e ensina o aluno como pensar e aprender.
É um método de educação que libera o potencial do indivíduo, forma o caráter cristão, constrói uma erudição baseada numa cosmovisão cristã e habilita líderes servidores.

PRINCIPAIS DIFERENCIAIS:
· O processo de ensino e aprendizagem envolve: pesquisa, raciocínio, relacionamento, registro/ aplicação;
· Caderno de Anotações como instrumento para registro e domínio da aprendizagem pessoal;
· Abordagem tutorial que identifica o estilo de aprendizagem de cada aluno;
· Princípios de caráter cristão permeiam todo o processo de ensino e aprendizagem;
· Perspectiva providencial da História;
· Participação integrada da família.

O QUE É EDUCAÇÃO POR PRINCÍPIOS
Entendemos educação em seu sentido amplo como o processo de transmitir à próxima geração conhecimento e valores que a capacitem a uma participação construtiva na sociedade. Educar uma criança é trabalhar em um projeto de vida, o que compete primordiamente aos pais, como responsáveis diretos pelos resultados.
Conforme apresentada por Rosalie J. Slater (The Principle Approach – F.A.C.E. – Fundation for American Christian Education, EUA), que definiu e estruturou essa abordagem, Educação por Princípios é “um método cristão histórico de raciocínio bíblico, que faz das verdades da Palavra de Deus a base de cada assunto no currículo escolar”.
Baseia-se na aplicação de quatro passos: Pesquisar, Raciocinar, Relacionar e Registrar, para promover o raciocínio com padrões cristãos e a expansão do entendimento”.
O sistema educacional baseado na Educação por Princípios integraliza filosofia (o porquê), currículo (o quê) e metodologia (o como) cristãs:Estruturação da Educação por Princípios.pdf

 

Metodologia

O DIFERENCIAL DO COLÉGIO CRISTAO DE BELO HORIZONTE

O Colégio Cristão de Belo Horizonte nasceu há 19 anos, seu maior objetivo é cumprir o propósito de Deus de educar uma geração através dos princípios da Sua Palavra, por isso, desde a sua fundação, adota uma abordagem educacional cristã.

Mas que abordagem educacional é essa?

A EDUCAÇÃO POR PRINCÍPIOS é uma maneira de ensinar e aprender tendo a Palavra de Deus como essência de cada matéria do currículo escolar. Na aplicação dessa metodologia o aluno pensa e aprende através de princípios. “É um método de educação que libera o potencial do indivíduo, forma caráter cristão, constrói uma erudição baseada numa cosmovisão cristã e habilita líderes servidores”. Essa filosofia educacional tem a Bíblia e seus princípios como fundamento central e supremo para basear todo o processo educacional. Entende que a educação não é neutra, mas pressupõe a formação de caráter com base moral e espiritual. Está fundamentada na Visão Geracional, ou seja, uma geração é responsável por transmitir à próxima geração o conhecimento de Deus e o conhecimento de todas as áreas da vida através de uma cosmovisão cristã. Nessa Visão de Educação, os pais são os responsáveis pela educação dos seus filhos, mas contam com professores comissionados por eles para ajudarem nessa tarefa educacional. Ambos adotam uma visão cristã da criança reconhecendo que ela tem um potencial e um propósito único na vida determinado por Deus, portanto, todo trabalho educacional visa despertar esse potencial e razão existencial e ajudar a criança a ser um aprendiz por toda a vida.

O que são princípios?

Princípio, a origem, primeira causa, uma raiz, uma fonte verdadeira. Princípios bíblicos são verdades fundamentais extraídas da Palavra de Deus que expressam Seu caráter e natureza, sendo aplicáveis em qualquer situação e época. Os princípios nos ajudam a discernir e usar o conhecimento corretamente (sabedoria). Ensinar com uma abordagem de princípios implica buscar a fonte, entender os fundamentos, agir consistentemente.

Existe um método cristão de educar?

Métodos não são neutros. De acordo com I Co 3:10 ‘o como’ você constrói é tão importante quanto ‘oque’ você constrói. Usar métodos bíblicos para ensinar é essencial se desejamos alcançar os resultados esperados: “instrui o menino no caminho em que deve andar, e até quando envelhecer não se desviará dele” Prov. 22:6. Ensinar e aprender é um processo natural e relacional, em que o coração e a mente do professor interagem com a mente e o coração do aluno. Na metodologia da Educação por Princípios são utilizados 4 passos no processo de Ensino e Aprendizagem: PESQUISAR (incluindo a fonte bíblica do assunto a ser estudado) , RACIOCINAR (identificando os princípios do assunto), RELACIONAR (perguntando o que isto significa para minha vida, sociedade e mundo) e REGISTRAR (sintetizando o assunto estudado com as próprias conclusões). Para isto a Educação por Princípios usa várias Ferramentas Pedagógicas que também produzem resultados esperados numa educação clássica: Fichário/Caderno de Anotações (o registro personalizado da aprendizagem), Linha de Tempo (ganha-se uma perspectiva providencial da história), Constituição de Classe (estabelece governo na sala de aula), Estudo de Palavras Chave (desenvolve vocabulário rico, blocos construtores de idéias), Redação tipo Ensaio (desenvolve a habilidade de expressar idéias e conhecimentos adquiridos), além de trabalhar Programa de Literatura e Biografias e de Belas Artes, Celebração de Aprendizagens, Projetos como Oportunidade de Serviço, entre outras.

Os RESULTADOS DA EDUCAÇÃO POR PRINCÍPIOS é o desenvolvimento de uma geração que adquiriu uma cosmovisão, erudição, caráter e liderança servidora cristã.

Conheça mais o Colégio Cristão de Belo Horizonte agendando uma visita ou acessando o nosso site http://www.colegiocristao.com.br. Se quiser saber mais sobre a Educação por Princípios acesse o site da AECEP Associação de Escolas Cristãs de Educação por Princípios http://www.aecep.org.br.

Fonte: Ensinando por Princípios: Componentes essenciais da Educação por Princípios – AECEP

METODOLOGIA

O nosso maravilhoso criador nos conhece como ninguém. Ele nos fez. “Eu te louvarei por que de um modo tão admirável e maravilhoso fui formado” SL139: 14 Por nos conhecer, Ele sabe tudo sobre nós, inclusive como aprendemos. A metodologia que usamos em nosso colégio foi inspirada por este Deus soberano que deseja que você cumpra todos os propósitos que planejou para sua vida. Por isso valorize-a!

PESQUISAR

O que é? “Buscar e examinar com um contínuo cuidado; buscar diligentemente a verdade, inquirir, averiguar com diligência durante a busca dos princípios; busca continua e laboriosa da verdade” Dicionário Webster (1828). Pesquisar deve fazer parte de sua vida. Você deve amar o conhecimento, buscá-lo, ir atrás dele. “ O coração do inteligente busca o conhecimento” Pv 15:14 Esta pesquisa deve passar por livros, enciclopédias, internet e também uma investigação da Palavra de Deus.Não estamos falando de um processo superficial de busca de informações, mas “examinar com contínuo cuidado”. Na Metodologia de Educação por Princípios Bíblicos você e seu (s) professor (es) passarão por este momento e, com certeza, crescerão em conhecimento e sabedoria. Esta é uma “viagem” que você não pode perder! Experimente! RACIOCINAR

O que é? Veja o que nos diz o Dicionário Webster (1828) “Concluir com base em princípios, inferir conclusões, deduzir novos conhecimentos propostos a partir de propostas prévias”. Neste momento do raciocínio você irá Raciocinar com base nos Princípios Bíblicos, para identificá-los nas matérias do currículo escolar. “Rosalie Slater”. Podemos dizer que você estará “pensando com Deus” e identificará seus princípios. Usamos 7 Princípios que são como “ferramentas” que nos auxiliam a raciocinar biblicamente sobre qualquer assunto ou situação. São eles: Soberania, Caráter, Individualidade, Semear e Colher, Mordomia, Autogoverno e União. O Senhor Deus nos chama a vir e raciocinar com Ele (Isaías 1:18). Venha!!. RELACIONAR

O que é? “E a relação pessoal dos Princípios Bíblicos com cada aluno”. Rosalie Slater Veja o que diz o dicionário Webster (1828): “Relacionar os detalhes de um evento, restaurar, unir por enlace ou parentesco”. O momento do Relacionar é único e fundamental na aquisição do seu conhecimento. Você deve perguntar: O que este assunto tem haver com a minha vida, minha cidade, país, meu presente, futuro etc. Quando você o exercita faz com que o conhecimento se torne em algo atual, vivo, atraente, prazeroso. O que você tem aprendido realmente tem valor quando utilizado para servir sua comunidade, sua cidade, seu próximo. Lembre-se: Você tem sido capacitado para servir!

REGISTRAR

O que é? Diz o dicionário Webster (1828) “… escrever, registrar em um livro ou papel, qual o propósito de preservar uma evidência autêntica e correta de algo, fazer com que algo seja recordado”. “Cada aluno registrando por escrito a respeito da aplicação individual de cada princípio” Rosalie Slater Este é o momento de escrever… Deixar registrado o seu conhecimento adquirido a partir da pesquisa, do raciocínio e do relacionar. Escrevendo, você crescerá na habilidade de redigir um texto, compor uma idéia. Além disto, fará do conhecimento algo seu, sendo possível recorrer a ele sempre que necessário e dando-lhe realmente sentido. Escreva, pratique todos os dias, você verá o fruto do seu trabalho!!

 

Educação por Princípios

É um método educacional cristão que desenvolve o raciocínio a partir dos princípio fundamentais identificados em cada assunto do currículo escolar.

Esta abordagem educacional tem demonstrado resultados no aprimoramento acadêmico e do caráter dos educandos, formando cidadãos com uma cosmovisão bíblica e capazes de pensar da causa para o efeito. O Instituto Avançado Vida de Ensino Cristão adota esta metodologia para a sua prática educacional.

Principais diferenciais

  • O processo de ensino e aprendizagem envolve: pesquisa raciocínio, relacionamento, registro/ aplicação;
  • Caderno de Anotações como instrumento para registro e domínio da aprendizagem pessoal;
  • Abordagem tutorial que identifica o estilo da aprendizagem de cada aluno
  • Princípios de caráter cristão permeiam todo o processo de ensino e aprendizagem;
  • Perspectiva providencial da História;
  • Visão criacionista das origens – planejamento e propósito para a vida;
  • Participação integrada da família.

O que é Educar por Princípios?

Entendemos educação em seu sentido amplo como o processo de transmitir à próxima geração conhecimento e valores que a capacitem a uma participação construtiva na sociedade. Educar uma criança é trabalhar em um projeto de vida, o que compete primordialmente aos pais, como responsáveis diretos pelos resultados.

Conforme apresentada por Rosalie J. Slater (The Principle Approach – [F.A.C.E] – Fundation for American Christian Education, EUA), que definiu e estruturou essa abordagem, Educação por Princípios é “um método cristão histórico de raciocínio bíblico, que faz das verdades da Palavra de Deus a base de cada assunto no currículo escolar”.

Baseia-se na aplicação de quatro passos: Pesquisar, Raciocinar e Registrar, para promover o raciocínio com padrões cristãos e a expansão do entendimento.

O sistema educacional baseado na Educação por Princípios integraliza filosofia (o por quê), currículo (o quê) e metodologia (o como) cristãs:

Filosofia

Centrada na moral cristã, tendo a Cristo como fundamento e modelo. Aponta para quem ou o quê está governando ou direcionando a situação, ensinando a pensar do interno para o externo. Opõe-se à visão humanista, relativista, que distorce o sentido do conhecimento ao fundamentá-lo no homem, sem compromisso real.

Currículo

Define um contexto de aprendizagem consistente, integrando as matérias sob a perspectiva da soberania de Deus e Seu propósito na Criação. É comunicado como uma experiência viva do professor para o aluno, através de seu exemplo e domínio da matéria. Opõe-se à apresentação fragmentada e meramente informativa das matérias que não promove no aluno uma visão integrada e responsável.

Metodologia

Desenvolve o raciocínio criativo, constrói o conhecimento através da pesquisa e fundamenta o aprendizado na aplicação de princípios bíblicos. Usa Fichários de Anotações como exercício de mordomia na educação, e enfatiza a aplicabilidade do conhecimento. O ensino é visto como um processo individual, adequado à necessidade de cada criança. Opõe-se a métodos pré-fabricados e consumistas, que acarretam dependência do meio psico-social.

Fundamento essencial para uma nação Cristã

Se queremos construir uma nação cristã livre precisamos estabelecer fundamentos bíblicos para a Educação, Governo, Economia e Política.

O princípio de semeadura e colheita se aplica para implantarmos a Verdade de Deus nas nações. É num processo gradual, através da Educação Cristã, que as sementes são plantadas e cuidadas, para produzir frutos em todos as aspectos da vida: pessoal, social, político e econômico.

Esta tarefa envolve família, igreja, e escola cristã comprometidas na educação de uma geração que esteja preparada e habilitada para aplicar princípios bíblicos em todas as áreas da vida. Vivemos um momento no Brasil em que a educação é reconhecida como prioridade nacional.

Neste contexto, a educação é uma questão estratégica tanto no estabelecimento do Reino de Deus, quanto no desenvolvimento de nossa nação.

É nosso dever como cristãos oferecer a esta geração e às próximas, uma educação escolar de qualidade, fundamentada em princípios bíblicos, preparando-os para cumprir o propósito de Deus exercer responsavelmente suas vocações na sociedade.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Um comentário sobre “Desenvolvendo gerações com uma cosmovisão cristã

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s