CURA DIVINA – bases bíblicas

 

Aqui estão as bases bíblicas a respeito da CURA DIVINA – desfrutem!!

Deus livra da doença e restabelece a saúde, Êx 15.26. Afasta de seus filhos toda a enfermidade, Êx 23.25; Dt 7.15. Os que habitam no esconderijo do Altíssimo são seguros da peste, do terror, dos acidentes, das enfermidades, Sl 91. Tira do seu povo as suas iniqüidades e cura todas as suas enfermidades, Sl 103.3. Entre as suas tribos não houve um só enfermo, Sl 105.37. Envia a sua Palavra e os sara, Sl 107.20; Mt 8.16. Verdadeiramente Ele tomou sobre si as nossas enfermidades, Is 53.4. Estende sua mão para curar, At 4.30. Não cura seu povo quando endurecem o coração, fecham os olhos e não ouvem, At 28.27. Levantará o enfermo, Tg 5.15. Tudo foi feito na cruz, tanto a cura de nossas enfermidades, como a salvação de nossos pecados; pelas suas feridas fomos sarados, 1 Pe 2.24; Is 53.4, 5; Mt 8.16, 17. // Curados: Abimeleque, sua mulher e suas servas sarados em resposta à oração de Abraão, Gn 20.17. Miriã da lepra, em resposta à oração de Moisés, Nm 12.10-16. Os israelitas mordidos pelas serpentes abrasadoras curados em resposta à oração de Moisés, Nm 21.7. O rei Jeroboão, da mão ressequida, curado em resposta à oração do profeta de Judá, 1 Rs 13.6. O filho da viúva de Sarepta, ressuscitado em resposta à oração de Elias, 1 Rs 17.22. Naamã, da lepra consoante a palavra de Eliseu, 2 Rs 5.14. Ezequias, no leito de morte, curado em resposta à sua própria oração, 2 Rs 20.5. Davi, debilitado até sentir seus ossos abalados, curado em resposta à sua própria oração, Sl 6.2, 9. Jesus curou: Toda sorte de doenças e enfermidades, Mt 4.23, 24; 8.16 17; 15.30; 9.35; Mc 3.10; um leproso, Mt 8.1-4; o criado de um centurião, Mt 8.5-13; a sogra de Pedro, Mt 8.14, 15; dois endemoninhados, Mt 8.28-34; um paralítico em Cafarnaum, Mt 9.1-8; a mulher padecendo de hemorragia, Mt 9.19-22; a filha de Jairo, Mt 9.23-25; dois cegos, Mt 9.27-30; o mudo endemoninhado, Mt 9.32, 33; o homem da mão ressequida, Mt 12.10-13; o endemoninhado cego e mudo, Mt 12.22; um jovem possesso, Mt 17.13-21; um endemoninhado em Cafarnaum. Mc 1.21-28; um surdo e gago, Mc 7.32-35; o cego de Betsaida, Mc 8.22-25; ressuscitou o filho da viúva de Naim, Lc 7.11-17; a mulher encurvada, Lc 13.11-13; um hidrópico, Lc 14.2-4; os dez leprosos, Lc 17.12-19; a orelha de Malco, Lc 22.51; Jo 18.10; o filho de um oficial do rei, Jo 4.46-54; o paralítico de Betesda, Jo 5.; o cego de nascença, Jo 9.; ressuscitou a Lázaro. Jo 11.; cegos e coxos, a última vez no Templo, Mt 21.14. Pedro curou o coxo na porta do Templo, At 3.1-10; curou Enéias, o paralítico. At 9.32-35; ressuscitou a Dorcas, At 9.36-41. Os apóstolos curavam muitos, At 5.12-16. Felipe curou muitos endemoninhados, paralíticos e coxos, At 8.6,7. Ananias curou a Saulo, At 9.17. Paulo curou o homem, paralítico desde seu nascimento, At 14.8-10; o pai de Públio e os demais da ilha de Malta, At 28.8. // O ministério duplo de Jesus: ensinava e curava, Mt 4.23; 9.35; At 10.38. A última vez que ensinou no Templo curou, também, cegos e coxos, Mt 21.14. Enviou os doze a pregar o reino e curar os enfermos, Lc 9.2. Efetuaram curas por toda parte, Lc 9.6. Enviou os setenta a anunciar o reino e a curar os enfermos, Lc 10.9. Os próprios demônios se submeteram a eles, Lc 10.17. Ao despedir-se deste mundo, enviou seus discípulos a pregar o evangelho e a curar enfermos, Mc 16.15-18. Os discípulos tinham o mesmo ministério duplo, At 3.6, 7; 4.30; 5.12, 15, 16; 6.8; 8.6, 7; 9.17, 18; 9.34, 40; 19.11, 12; 28.8, 9; Rm 15.19; 1 Co 1.7; 12.28. Jesus Cristo. O mesmo ontem, hoje e eternamente, ainda se compadece dos enfermos, Hb 4.15; 13.8. A cura do corpo tanto uma parte do evangelho como a salvação da alma, Is 53.4; Mt 8.17. // A cura se efetua por meio de: Oração, Gn 20.17: Nm 12.10-15; 21.7; 1 Rs 13.6; 17.22; 2 Rs 20.5; 2 Cr 6.28, 29. Está alguém entre vós sofrendo? Faça oração, Tg 5.13. A oração da fé salvará o doente, Tg 5.15. Confessando os pecados uns aos outros e orando, Tg 5.16. Pela imposição de mãos, Mc 5.23; 6.5; 8.23, 25; 16.18; Lc 4.40; 13.13; At 28.8. Unção com óleo, Mc 6.13; Tg 5.14. Lenços e aventais, At 19.12. Os enfermos levados às ruas e às praças, sobre leitos e macas, Mc 6.55, 56; At 5.15. Chamando os presbíteros, Tg 5.14. Ver Doença .

Pr Andre Henrique Torres Ribeiro

Um comentário sobre “CURA DIVINA – bases bíblicas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s