O PODER DA RESSURREIÇÃO DE JESUS

O poder da ressurreição
“Ele não está aqui, porque já ressuscitou, como havia dito.” Mateus 28:6

A profecia de Isaías em Is 52:13-15 mostra o sofrimento do Messias, desfigurado diante dos homens. Fp 2:7 nos confirma que Jeus na cruz “… aniquilou-se… sendo obediente até à morte.” Por que a cruz? Deus não teria outra forma de nos salvar? Certamente ele teria poder para fazer diferente,, mas ele escolheu demonstrar-nos seu grande amor enviando seu filho para morrer (Jo 3:16).

Os símbolos do sacrifício estão presentes em toda a história bíblica. Já em Gênesis Deus sacrifica um animal e usa a pele para cobrir a nudez do homem. Sobre o Monte Moriá Abraão estava disposto a oferecer o filho Isaque em sacrifício. No deserto a rocha foi ferida para dar água ao povo. Ali também a serpente foi levantada para sará-los, simbolizando nossos pecados levantados sobre Cristo na cruz.

A cruz foi necessária. Colossenses 2:14-15 diz que nela foram cravados os nossos pecados e que ali foram despojados os principados e potestades. Na cruz Jesus esmagou a cabeça da serpente (Gn 3:15). A cruz não é lugar de derrota, mas de vitória, porque Cristo ressuscitou. Não carregamos uma cruz com um Cristo pendurado, mas sim uma cruz vazia, símbolo da ressurreição. Morrendo na cruz Jesus conquistou o poder que o faria ressuscitar e que nos traria o perdão de nossos pecados.

Desde o meio-dia até às três da tarde de sexta-feira houve trevas sobre toda a terra (Lc 23:44-46). A natureza toda se lamentou diante da agonia do Filho de Deus. Ao expirar Jesus o véu do templo se rasgou e um novo caminho foi aberto para nós. Quem está com o Cristo morto continua em trevas, mas quem conhece o Cristo ressurreto tem a luz de Deus brilhando em sua vida.

A ressurreição mostrou o poder que Deus quer fazer agir em nós. Um homem morto, um túmulo lacrado, uma grande pedra, soldados destemidos em guarda: mas ninguém poderia deter o poder da ressurreição, conquistado na cruz. Um grande terremoto, um anjo descendo do céu, guardas apavorados e a mensagem que pôs fim ao medo das mulheres: “…buscais a Jesus, que foi crucificado. Ele não está aqui, porque já ressuscitou.”

É preciso remover a pedra e mostrar ao mundo o Cristo ressurreto em nossa vida. A mensagem da ressurreição não pode ser escondida, guardada dentro de você. Em Mt 28:8 lemos que as mulheres sairam apressadamente e foram falar aos discípulos. Não podemos ficar parados guardando a mensagem. Todos precisam ouvir.

Os discípulos estavam escondidos e apavorados. Mas a ressurreição os restaurou: o Pedro que negara a Jesus sai pregando, o Tomé que se recusara a crer sai pregando. Uma igreja que adora o Cristo vivo é corajosa, não medrosa, triste e encolhida. Se a ressurreição é real em sua vida você não vai ficar parado. Você não está mais morto na atuação maligna, mas vivo para Deus. Seu coração não está preso na terra: você pertence aos céus.

A mensagem da ressurreição restaura Pedros e Tomés e os põe para pregar, em fervor e alegria.

Anúncios