MULTIPLICAÇÃO

 

MULTIPLICAÇÃO

 

FATORES QUE INFLUÊNCIAM SOBRE A MULTIPLICAÇÃO

 

  1. Características do líder: como sexo, classe social, idade, estado civil ou formação profissional.
  2. O tipo de personalidade do líder – Tanto os líderes introvertidos como os extrovertidos multiplicam as suas células.

 

FATORES QUE TÊM INFLUÊNCIA SOBRE A MULTIPLICAÇÃO:

 

1 – O tempo devocional do líder da célula, vida com Deus.Os líderes que investem 90 minutos ou mais em devocionais diárias multiplicam os seus grupos duas vezes mais do que aqueles que investem menos do que 30 minutos por dia.

 

2 – A intercessão do líder da célula pelos membros da célula. Os líderes que oram diariamente pelos membros da célula têm maiores probabilidades de multiplicar seus grupos.

 

3 -O tempo que o líder gasta com Deus em seu preparo para o encontro da célula. Investir tempo com Deus, preparar o coração para um encontro da célula é tão importante quanto o preparo do estudo.

 

4 – Estabelecer alvos. O líder que falha na fixação de alvos, os quais os membros recordam, tem 50% de probabilidade de multiplicar sua célula. Fixar alvos aumenta essa probabilidade para 75%. Conhecer a data da multiplicação da sua célula.Líderes de célula que estabelecem alvos específicos para trazer à vida uma nova célula multiplicam seus grupos com mais freqüência do que os líderes sem alvos.

 

5 – Treinamento. Líderes de célula que se sentem melhor treinados multiplicam suas células com maior rapidez. No entanto, treinamento é tão importante como a vida de oração do líder e a clareza de seus alvos.

 

6 – A freqüência com que o líder da célula faz contato com pessoas novas. Líderes que fazem contato com cinco a sete pessoas novas por mês têm 80% de probabilidade de multiplicar a sua célula. Quando o líder visita somente 1 a 3 pessoas por mês, as chances caem para 60%. Líderes que visitam oito pessoas novas ou mais cada mês multiplicam os seus grupos duas vezes mais do que aqueles que visitam uma ou duas.

 

 7 – Estímulo nas células para convidar amigos. Líderes de célula que encorajam semanalmente os membros para convidar visitantes duplicam sua capacidade de multiplicar as suas células – em contraposição àqueles líderes que o fazem apenas ocasionalmente ou nunca.

 

8 – Número de visitantes na célula.Há uma relação direta entre o número de visitantes na células e o número de vezes que o líder multiplica a células.

 

9 – Encontros sociais. As células que têm seis ou mais encontros sociais por mês se multiplicam duas vezes mais do que aquelas que têm apenas um ou nenhum.

 

10 – Preparar auxiliares.Os líderes que preparam uma equipe para ajudar na liderança dobram sua capacidade de multiplicar a célula.

 

11 – Nível de cuidado pastoral, discipulado,comsolidação.

Visitação regular pelo líder aos membros da célula ajuda a consolidar o grupo.

 

1º) Oração pelos membros do grupo:

 

Ao comparar oração, contatos e encontros sociais, descobriu-se que a oração por membros do grupo é o trabalho mais importante do líder para unificar e fortalecer o grupo no preparo para a multiplicação. A formação de uma equipe vem logo em segundo lugar.

 

 2º) Preparo do líder:

 

Ao comparar devocionais, alvos, treinamento e preparo, devocionais e alvos são mais importantes. Uma liderança eficaz de células é muito mais uma aventura liderada pelo Espírito do que uma técnica de estudo bíblico.

 

 3º) Ênfase evangelística do grupo:

 

Ao analisar visitação a pessoas novas, estímulo para trazer pessoas e a presença de visitantes no grupo, visitação e estímulo são igualmente importantes no processo de multiplicação. O afluxo de visitantes é secundário.

 

UMA PARÁBOLA

 

Certo homem possuía uma linda horta que produzia comida rica e abundante. O seu vizinho viu aquilo e plantou a sua própria horta na primavera seguinte. Mas não fez nada além disso. Nada de regar, cultivar ou adubar. No outono, ele voltou à sua horta devastada. Não havia fruto e ela estava tomada pelo mato. Ele concluiu que o trabalho na horta não trazia resultados. Em uma reflexão posterior, ponderou que o problema era o solo que não era bom ou talvez ele não tivesse a “mão” para isso como o seu vizinho. Enquanto isso, um terceiro vizinho começou a fazer a sua horta. Ela não produziu imediatamente o tanto quanto a do primeiro homem mas ele trabalhou duro e continuou a aprender novas habilidades. Enquanto labutava, aprendia. À medida que ia colocando em prática o que havia aprendido ano após ano, sua horta produzia uma colheita cada vez mais abundante. Espero que a verdade desta parábola seja óbvia. Percorri o mundo para descobrir os segredos do crescimento de grupos pequenos. Curiosamente, são sempre os mesmos princípios em cada país, cultura e igreja que fazem a diferença entre o crescimento das células e a estagnação. O trabalho duro e a aplicação coerente de princípios comprovados distinguem os líderes de célula bem-sucedidos. As descobertas esboçadas neste livro irão funcionar se você estiver disposto a pagar o preço. Não são princípios mágicos. Eles demandam tempo e dedicação. Minha pesquisa revelou que os líderes de célula bem-sucedidos gastam mais tempo buscando a face de Deus, dependendo dele para a direção de sua célula. Eles se preparam primeiro e depois preparam o estudo. Eles oram diligentemente pelos seus discípulos, assim como pelos seus amigos não-cristãos. Seus alvos para a multiplicação são recebidos de Deus no quarto de escuta e esses líderes simplesmente obedecem às ordens de marcha, buscando intensamente cumprir os alvos estabelecidos. Além disso, eles também conhecem a data da multiplicação de sua célula, devido aos alvos conhecidos. Mas os líderes de célula bem-sucedidos não param na oração. Eles descem do cume da montanha para interagir com pessoas reais, cheias de problemas e feridas. Eles são os pastores dos membros de suas células, visitando-os regularmente. Os que multiplicam os seus grupos não são imunes às “noites escuras da alma”. Eles também passam pelos vales, mas se recusam a permanecer ali. Eles não permitem que os obstáculos – que todos os líderes de célula enfrentam – os vençam. Eles fixam os seus olhos em um alvo – alcançar o mundo perdido para Cristo por meio da multiplicação das células. Isso também depende da freqüência com que o discipulador faz contato com pessoas novas. Você também pode levar a sua célula ao crescimento e à multiplicação. Essa “unção” não repousa sobre alguns escolhidos. Os introvertidos, os que não possuem formação acadêmica, e aqueles que pertencem a uma classe social mais baixa tiveram tanto sucesso quanto os seus opostos. Nenhum dom em particular do Espírito distinguiu aqueles que conseguiram multiplicar os seus grupos daqueles que não tiveram sucesso. Líderes de célula bem-sucedidos não dependem dos seus próprios dons. Eles confiam no Espírito Santo enquanto conduzem a célula inteira a evangelizar a família, os amigos e os conhecidos. Portanto, para alcançar isso eles investem no seu treinamento, buscando aprender tudo aquilo que o Senhor tem disponibilizado a nós em sua palavra e através dos líderes. Enquanto seguia o meu caminho ao redor do mundo para descobrir estes princípios, encontrei líderes de célula bem-sucedidos em todas as oito diferentes culturas que pesquisei. Tornou-se claro para mim que a cultura não é o fator determinante na multiplicação das células. Esteja o líder de célula iniciando um grupo na Coréia, nos Estados Unidos ou na América Latina, o sucesso depende do trabalho e da aplicação coerente destes princípios básicos. Também encontrei líderes de célula em cada cultura que concluíram que o “trabalho na horta não traz resultados”, e, por conseguinte, produziram muito pouco.Prezado discipulador! Além da disposição para trabalhar duro, há dois outros princípios que precisam dominá-lo. Em primeiro lugar, tenha total clareza a respeito do seu alvo – a multiplicação da célula. As igrejas em células bem-sucedidas ao redor do mundo estão concentradas no crescimento. Elas não vacilam neste ponto. A multiplicação dos pequenos grupos está relacionada a tantas outras qualidades de liderança, e por isso ela precisa ser o foco central do ministério em células. A maioria das pessoas equipara a multiplicação das células com evangelismo, mas o evangelismo é apenas uma parte da equação. O líder que multiplica o seu grupo desenvolve e treina novos líderes, acende uma paixão pelo evangelismo, ora fervorosamente por todos os membros, pastoreia os membros em dificuldades, visita os novos e comunica uma visão clara de multiplicação da célula ao restante do grupo. Em segundo lugar, você precisa fazer do desenvolvimento de liderança sua prioridade suprema. Líderes bem-sucedidos de grupos pequenos vêem em cada membro um líder em potencial. Em igrejas em células dinâmicas, cada membro é um líder em potencial e o código genético para a multiplicação de células está embutido em cada discípulo desde o começo. A explosão das células nas casas está se movendo em todo o mundo, mas não atingiu ainda o seu pico. O propósito deste livro é ajudá-lo a afinar o seu ministério de grupos pequenos para que o mesmo possa ter um impacto poderoso em um mundo em sofrimento. O alvo é o mesmo – crescimento explosivo da célula que leve à multiplicação. Se você trabalhar duro, buscar a Deus, e pacientemente colocar os princípios de crescimento das células em prática, você verá uma colheita fantástica!

 

(Extraído do livro “Crescimento Explosivo da Igreja em Células”, de Joel Comiskey)

Um comentário sobre “MULTIPLICAÇÃO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s