A IMPOTÂNCIA DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO. Série inéditos – 9 -prandrelda

A IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO

Lucas 14. 28-30.

 

ALGUNS PASSOS DA LIDERANÇA DE NEEMIAS.

 

INTRODUÇÃO

 

Em poucas semanas ele conseguiu fazer o que outros líderes não fizeram em quase um século. Qual foi o seu grande segredo? Visão, chamado e planejamento estratégico.

 

TEXTO: Ne. 1.1-11/2.1-20/4.1-23/6.15-16

 

Estes textos mostram o planejamento de Neemias antes de começar a grande tarefa de reconstrução dos muros de Jerusalém. Antes de qualquer empreendimento ou mudança que deseje realizar deve-se planejar todo o seu percurso.

 

1-IDENTIFICOU-SE COM O PROBLEMA.

 

Desde que os muros foram derrubados pelos caldeus, (2 Cr.36.17-21), milhares de habitantes de Jerusalém literalmente viram aquilo e não fizeram nada. O que o povo precisava era de alguém que os empurrasse, traçasse um plano de ação e os conduzisse por todo o processo de reconstrução.

 

O primeiro passo de Neemias foi perguntar qual era a situação dos judeus e dos muros em volta de Jerusalém. Quando soube qual era a situação, ele chorou. O problema do povo tornou-se o seu problema. Era o seu fardo a carregar. Ne.1.1-3.

 

Quando falamos em estabelecer as REDES estamos preparando uma estratégia para resgatar vidas do império das trevas para o Reino de Deus. QUAL É O PROBLEMA que enfrentamos hoje? A FALTA DE CRESCIMENTO E MULTIPLICAÇÃO na medida como vemos acontecendo no Livro de Atos dos Apóstolos. At. 2.41, At. 4.4.

 

2- PASSOU TEMPO EM ORAÇÃO.

 

Quando soube dos fatos, Neemias colocou-se de joelhos em oração. Confessou o seu erro e de seu povo. Intercedeu pelo povo e então pediu o favor de Deus. Provavelmente foi neste tempo de oração que Deus lhe deu a visão para reconstruir os muros. Ne.1.4-11

 

Alguns anos atrás li um artigo de Morris Cerullo que continha uma de suas profecias e revelações arrespeito das igrejas que cresceriam e das igrejas que ficariam estagnadas. Ele disse que Deus estaria operando a sua igreja como uma grande rede de pescar que realizaria um arrastão de almas para Cristo.

 

Através da nossa vida de oração Deus nos dará todas as estratégias para que esta igreja seja uma igreja operante COMO UMA REDE LANÇADA AO MAR deste mundo cheio de pessoas que ainda não foram alcançadas. Estrategicamente Jesus chamou PESCADORES QUE LANÇAVAM AS REDES AO MAR. Mt.4.18-22, Lc.5.1-11

 

3- ELE CONVOCOU AS PESSOAS CERTAS.

 

Em qualquer empreendimento que envolva liderança as pessoas podem promover ou destruir qualquer proposta. Alem do rei, (Ne. 2.4-5) Neemias se aproximou de outras pessoas importantes que ele levou consigo na jornada.

 

Ninguem consegue fazer algo grandioso sem o apoio de outras pessoas no processo. A obra de edificação de uma igreja local não é tarefa de um só pastor ou de um grupo seleto de pessoas. Uma igreja só se torna grande de fato quando todos os membros do corpo de Cristo estão envolvidos no processo com seus dons naturais e espirituais.

 

Na PROPOSTA DAS REDES estão envolvidos todos os líderes de distrito, que são oito casais preciosos que Deus tem dado a esta igreja. Em cada distrito esses líderes estão levantando quatro líderes, ou casais para liderarem as quatro sub-redes: CRIANÇAS, ADOLESCENTES, JOVENS E ADULTOS. Além dos lideres de células homogêneas que são qualificados no TADEL e no CTL.

 

4- ELE AVALIOU A SITUAÇÃO.

 

Quando chegou a Jerusalém Neemias ficou frente a frente com o desafio que estava encarando. Saiu a noite analisando pessoalmente os danos, e planejando sem a interferência de outras pessoas desacreditadas.

 

O PLANEJAMENTO e a AVALIAÇÃO são duas responsabilidades muito importantes para quem quer crescer, seja nos negócios ou na multiplicação de vidas para Deus. Diante de um grande desafio, Neemias foi estratégico avaliando a situação atual e planejando a mudança daquela situação.

 

A avaliação que temos feito sobre o crescimento da igreja com as células convencionais é que temos crescido numa proporção muito baixa dentro de um ano. Por isso precisamos criar atividades e eventos que envolvam todas as células com o propósito de alcançar novas pessoas. Esse é o propósito das redes: REUNIR AS CÉLULAS EM UMA MACRO-CÉLULA realizando uma grande safra de almas para o Reino de Deus.

 

5- ELE PASSOU A VISÃO PARA TODO O POVO.

 

Neemias procurou os sacerdotes, os nobres da terra, os oficiais e todo o povo que fez a obra e compartilhou sua visão de reconstruir o muro e as implicações espirituais do projeto. Ele soube passar a visão para todo o povo.

 

Todo pastor que tem uma visão não só de um ministério pastoral convencional, mas de uma visão de crescimento e multiplicação, dedica-se a passar essa visão para todos. Porque ele mesmo sabe que crescer e multiplicar não acontecem se todo o povo não estiver envolvido.

 

Cremos que a visão de uma IGREJA REDE só funcionará como tal se todos os distritos estiverem falando a mesma linguagem aos seus liderados. Se os líderes das SUB-REDES estiverem falando a mesma visão para os líderes de célula homogêneas. É dessa forma que a visão é passada para todos. E assim, todos se envolverão no processo.

 

6- ENCORAJOU-OS COM OS SUCESSOS DO PASSADO.

 

Ele mostrou ao povo o que Deus já havia feito por eles. Diante de uma tarefa tão importante como aquela, ele sabia que precisaria encorajar o povo que estava completamente desacreditado. Vejamos o que ele disse em Ne. 2.18.

 

Talvês alguns líderes encontrem algumas pessoas meio desencorajadas sobre a visão de célula assim como Neemias encontrou muitos que não criam que aquela obra fosse possível de se realizar. Mas se a visão da igreja em célula tem gerado muitos líderes eu sou um deles.

 

Se Deus já fez acontecer grandes multiplicações através das células heterogêneas, que apenas se dedicam as reuniões nos lares, imagine o que Deus poderá fazer através das células homogêneas que se reúnem nos lares individualmente, mas também em GRAMDES REUNIÕES DE MACRO-CÉLULAS para a colheita de almas para Cristo.

 

7- ELE LEVOU O POVO A UMA DECISÃO DE FAZER A TAREFA.

 

O povo respondeu positivamente. Eles disseram: “Disponhamo-nos e edifiquemos”. E fortaleceram as mãos para a boa obra. O povo aceitou a idéia; estavam dispostos a se dedicarem a liderança de Neemias e a sua visão. (Ne. 2.18).

 

“Neemias recebeu a aceitação do povo. As pessoas aceitam primeiro o líder para depois aceitarem os seus planos”.

 

Não sabemos como Neemias conseguiu a aceitação do povo tão depressa. Concluímos que por ter contado para todos os milagres que Deus tinha feito na sua própria vida desde sua conversa com o Rei Xerxes. E O POVO ACEITOU O SEU PLANO.

 

Se todos nós entendermos que é muitíssimo importante realizar um trabalho com as células, que facilite o discipulado de cada membro, onde todos falem a mesma linguagem e onde todas as células possam se reunir em eventos que visem a salvação de muitas almas, ENTÃO, ESTAREMOS CUMPRINDO A GRANDE COMISSÃO.

 

 

8- ORGANIZOU O POVO E O COLOCOU PARA TRABALHAR.

 

Eles não começaram a trabalhar de qualquer jeito. Neemias as organizou por famílias e as colocou para fazerem a obra de acordo com a ordem de prioridades que ele estabeleceu antecipadamente. Tudo começou com os portões da cidade.

 

ORGANIZAR O POVO EM CÉLULAS HOMOGÊNEAS dá um pouco de trabalho. Mas vale a pena. Uma vez que todas as células de crianças, de adolescentes, de jovens e de adultos estão funcionando em seu próprio contexto e em sua linguagem própria não há limites para aquilo que intentam fazer.

 

A HOMOGENIZAÇÃO e a formação das REDES só tem um objetivo: COLOCAR O POVO EM ATIVIDADE como Deus planejou que a sua igreja fosse. O objetivo é colocar o ministério das crianças, nas mãos das crianças, colocar o ministério dos adolescentes, nas mãos dos adolescentes, o ministério dos jovens, nas mãos dos jovens e o ministério dos adultos, nas mãos dos adultos. TODOS TRABALHANDO EM PROL DE UMA VISÃO: “Que toda a terra seja cheia da Glória de Deus, assim como as águas cobrem o mar”.

 

PESSOAS CONTRÁRIAS A VISÃO DO CRESCIMENTO

 

Ne.2.19-20/Ne.6.1-4

As vezes as mudanças não agradam todas as pessoas. Alguns criticam, alguns julgam de forma errada, alguns não compreendem o processo e o propósito das mudanças e ficam comentando de forma errada. Mas nem SAMBALÁTES, nem OS TOBIAS e nem os GESÉNS da vida poderão apagar a chama que está em seu coração pelas almas perdidas e pelo projeto que Ele tem dado para o crescimento da sua igreja local.

 

CONCLUSÃO

 

Foi exigido muito trabalho de Neemias e do povo para que realizassem sua visão. Ele foi um grande líder do povo, mas sem um planejamento estratégico e cuidadoso o muro nunca teria sido reconstruído em CINCOENTA E DOIS DIAS.

 

Da mesma forma, só será possível a homogenização total da igreja e o estabelecimentos das quatro redes, se todos nós cooperarmos juntos para que o sucesso seja completo, e assim o inferno seja saqueado das almas que estão cativas pelo pecado e por satanás e para que o céu seja povoado por uma muitidão tão grade como as estrelas no céu, e como a areia na terra.

 

“ E o Senhor disse: “Eis que o povo é um, e todos tem a mesma linguagem. Isto é apenas o começo; agora não haverá restrição para tudo o que intentam fazer”. Gn.11.6”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s