Visão do MDA – A Igreja Batista da Glória esta nesta visão!!

A Igreja Batista da Glória está 100% na Visão do MDA.

Na visão do MDA, é possível à Igreja Local ganhar multidões para Jesus sem deixar de cuidar bem de cada cristão – é o modelo de discipulado um a um em ação.

O MDA abrange diversos fatores desenvolvidos na Igreja Local. Sem dúvida, o fator central do Modelo de Discipulado Apostólico é o discipulado um a um que todos na igreja recebem. Porém, este modelo (MDA) fala da visão geral de como cremos que a Igreja Local deve funcionar.

1 – O REINO DE DEUS

Jesus disse: “Buscai, pois, em primeiro lugar, o seu Reino…” (Mateus 6.33).

Deus está implantando o Seu Reino aqui na Terra e Ele tem deixado bem claro qual é a visão dEle para nós:

Reino de Deus

Deus havia dito para o homem: “Sede fecundos, multiplicai-vos, enchei a terra…” (Gênesis 1.28). Por quê? Porque Adão e Eva gozavam de perfeita comunhão com Deus e assim refletiam a glória de Deus perfeitamente. À medida que eles obedecessem a ordem de crescer e multiplicar, toda a terra ficaria cheia da glória de Deus, como as águas cobrem o mar.

O plano original de Deus nunca mudou. Mesmo que o homem natural, por causa do pecado, não reflita a glória de Deus, aquelas pessoas que já nasceram de novo verdadeiramente refletem a Sua glória. Então a ordem de Deus continua a mesma: “Eu quero o Meu Reino implantado sobre toda a terra e isto vai acontecer quando os meus filhos colocarem o Meu Reino em primeiro lugar, crescerem e se multiplicarem até que toda a terra esteja cheia de pessoas que reflitam a minha Glória”.

2 – A IGREJA DO SENHOR JESUS

Mas qual é o contexto em que nós devemos buscar o Reino de Deus? Na prática, como podemos fazer isso?

Jesus disse: “Eu edificarei a Minha Igreja…” (Mateus 16.18) e em outra ocasião Ele disse “quem comigo não ajunta, espalha…” (Mateus 12.30). Em outras palavras, o Reino de Deus aqui na Terra se manifesta e é centralizado na Igreja do Senhor Jesus:

Igreja do Senhor Jesus Cristo

A Igreja do Senhor Jesus é o coração do Reino de Deus.

3 – A IGREJA LOCAL

Posso saber, então, que verdadeiramente estou buscando o Reino de Deus se eu estiver trabalhando com Jesus na Edificação da Sua Igreja Mundial. Mas, como a Igreja Mundial do Senhor Jesus é edificada? Através da Igreja Local.

 

Se eu não estiver edificando a Igreja Local eu não estou edificando como eu deveria a Igreja Mundial do Senhor Jesus. A Bíblia fala muito mais acerca da Igreja Local do que da Igreja Mundial. Estamos trabalhando com Deus ou contra Deus? Talvez muitos não saibam disto, mas quem não está na visão da Igreja Local – ajudando a Igreja Local a crescer e multiplicar em quantidade e qualidade, está na realidade (mesmo que seja por omissão) trabalhando contra Deus. Isto é sério. Deus coloca máxima importância na Igreja Local porque a Igreja Local é o coração da Igreja do Senhor Jesus aqui na Terra.

Igreja Local

O Apóstolo João, em Apocalipse 1.10-11, ouviu a voz do Senhor Jesus por trás dele. Mas quando virou para ver o Senhor Jesus, primeiramente ele viu sete candeeiros de ouro (Ap. 1.12), e só depois viu o Senhor Jesus (Ap. 1.13). Os sete candeeiros são as sete igrejas locais (Ap. 1.20). Creio que, simbolicamente, isto mostra que para termos plena revelação do Senhor Jesus, temos também que ter a visão da Igreja Local. Onde estava Jesus? “No meio dos sete candeeiros” (Ap. 1.13). No meio das Igrejas Locais. É impressionante a importância que Deus põe na Igreja Local.

4 – A CÉLULA

É muito importante que todos os cristãos da Igreja Local estejam congregando na célula, onde a vida do Corpo se encontra de forma sintetizada em todos os seus muitos aspectos, tais como: adoração, intercessão, evangelismo, integração, discipulado, treinamento de líderes, comunhão, assistência social, etc.

É necessário que essa célula esteja sempre aberta para receber novas pessoas. Como a célula do corpo humano, deve estar sempre crescendo, multiplicando e formando novas células. Esse tipo de célula resgata a “Igreja no Lar”, e por isso cremos ser importante que todos congreguem em uma célula deste tipo, pois acreditamos que foi assim que aconteceu na igreja neotestamentária. Para nós, a Célula é o Coração da Igreja Local.

Todas as nossas Células, heterogêneas e homogêneas, têm essas características, e todos os membros estão em um desses dois tipos de Células. A totalidade de nossas Células cresce, e elas se multiplicam em três áreas:

1) Verticalmente: os membros crescem em intimidade com Deus e multiplicam isso nas vidas dos seus discípulos.

2) Horizontalmente: os membros crescem em comunhão uns com os outros e multiplicam isso nas vidas dos seus discípulos.

3) Exteriormente: Os membros crescem numericamente ganhando novas pessoas para Jesus, discipulando essas pessoas e multiplicam esse código genético de evangelismo e discipulado nas vidas dos seus discípulos. A Célula cresce em número de membros e se multiplica, gerando assim novas Células.

É este tipo de Célula que é o verdadeiro coração da Igreja Local. Na igreja baseada em Células tudo acontece pela Célula, para a Célula, através da Célula e em função da Célula.

Celula

No gráfico acima podemos perceber que o coração do Reino de Deus é a Igreja Mundial do Senhor Jesus; o coração da Igreja Mundial é a Igreja Local; e o coração da Igreja Local é a Célula. Você pode perceber, então, que todo esforço cristão para implantar o Reino de Deus na terra deve resultar em priorizar, direta ou indiretamente a edificação de Células no contexto da Igreja Local. Agora, qual é o coração da Célula?

5 – O DISCIPULADO UM A UM

Jesus priorizou o discipulado na Sua vida aqui na Terra. Antes de escolher os seus discípulos Ele orou a noite toda (Lucas 6.12-13), e uma grande parte do seu tempo foi ocupado investindo na vida destes discípulos. Como Ele viajava horas e horas a pé, é bem provável que, enquanto estava caminhando com os discípulos naquelas estradas construídas pelo Império Romano, Ele aproveitasse bem o tempo discipulando. Quem já caminhou por muitas horas sabe que é difícil andar e falar com muitas pessoas ao mesmo tempo. Cremos que Jesus discipulava muito: 1) um a um; e 2) em grupo.

O Dr. Carl Horton, que já dormiu no Senhor, tinha o seu doutorado em “Crescimento da Igreja” pela Escola de Missões Mundiais do Seminário Teológico Fuller. Foi ele quem apresentou os resultados surpreendentes de uma pesquisa realizada com um grande número de líderes cristãos. Os quesitos avaliados na pesquisa eram concernentes à formação de líderes; como e onde foram treinados os líderes que estão tendo mais sucesso no Reino de Deus. A pesquisa demonstrou que:

  • 0% dos líderes foram produzidos pelo púlpito em reuniões públicas de ensino ou pregação;
  • 90% dos líderes foram gerados através do discipulado e mentoreamento pessoal, um a um.
  • 0% dos líderes foram produzidos em classes estruturadas, como Escola Dominical, cursos de Família Cristã, Guerreiros de Cristo, e outras mais;
  • 10% dos líderes foram gerados no discipulado em grupos pequenos;

Na nossa própria experiência, também temos visto que é muito bom discipular em grupos, mas nunca em substituição ao discipulado um a um. Sem dúvida, isto possibilita que o discipulado seja mais profundo, intenso, e específico.

É claro que, para haver esse tipo de discipulado os dois (discípulo e discipulador) devem ser do mesmo sexo. Também, alguém não pode estar discipulando outra pessoa se ele primeiramente não tiver discipulador. O discipulador tem compromisso total de não falar nada para pessoa alguma daquilo que o discípulo confidenciou, a não ser que obtenha primeiramente sua permissão.

Este discipulado deve acontecer no contexto da Célula, ou seja, o discipulador deve participar da mesma Célula do discípulo. O discipulado nunca deve ser manipulativo. O verdadeiro discipulado é para ajudar o discípulo a crescer.

Discipulado é proteção. Discipulado é crescimento. Seja transparente com o seu discipulador. Você ficará maravilhado como Deus vai usar seu discipulador para ajudá-lo a vencer o pecado, crescer espiritualmente, ser um ganhador de almas, e ser também um bom discipulador. “Confessai os vossos pecados uns aos outros e orai uns pelos outros para serdes curados” (Tiago 5.16).

Uma vez que você está sendo discipulado, é importante começar a orar e pedir a Deus que lhe mostre quem você deverá discipular. Quando você ganha alguém para Jesus, você tem que garantir que aquela pessoa seja bem discipulada. Normalmente é você quem deve discipular aquele novo convertido.

Jesus, antes ascender aos céus, nos deixou a Grande Comissão: “Ide, portanto, fazei discípulos…” (Mt. 28.19). Isto tem que ser priorizado, pois sem dúvida é um assunto de máxima importância. Na medida em que meditávamos na centralidade do discipulado, Deus nos revelou que o discipulado um a um é o coração da Célula. A esse relacionamento do discipulador com seu discípulo (total de duas pessoas) chamamos de uma microcélula. Como a ênfase central da Visão do Modelo do Discipulado Apostólico é o discipulado um a um, vimos que seria ideal usarmos a mesma sigla para identificar esta microcélula.

Então, como visão da Igreja Local temos:

MDA: Modelo de Discipulado Apostólico.

E como o nome da micro-célula de discipulado, também, temos:

MDA: Micro-célula de Discipulado Apostólico.

O discipulado, na microcélula, é feito um a um. Você poderá notar então que a microcélula tem o total de duas pessoas: Discipulador e Discípulo. Cremos que o MDA é a menor representação da Igreja: a microcélula do Corpo de Cristo, “onde estiverem dois ou três reunidos em Meu nome…” (Mateus 18.20). É interessante notar que o contexto desta passagem se refere à Igreja Local.

O importante é que todos estejam debaixo da cobertura de um discipulador, e que todos estejam fazendo discípulos, porque, como já foi enfatizado, o discipulado é o coração da Célula. Em outras palavras: o MDA é o coração da Célula.

MDA

A Visão do MDA pede que cada cristão esteja inserido onde está a figura daquela pessoa no gráfico abaixo:

_05 MDA b

Na Visão do MDA cada cristão deve estar sendo e fazendo discípulos, participar de uma Célula, abraçar a visão da Igreja Local, buscar a Unidade da Igreja Mundial e colocar em primeiro lugar o reino de Deus.

Anúncios

12 comentários sobre “Visão do MDA – A Igreja Batista da Glória esta nesta visão!!

  1. Adriana Paula Palazzi disse:

    Gostaria de saber se no modelo MDA, o discipulador tem tempo, de discipular várias pessoas, pois nossa vida é corrida, ou Deus manda pessoas específicas ex duas que caminharão naquele tempo com o discipulador, terminando Deus manda mais uma, como discipular individual várias pessoas? sou de uma igreja em células verbo vivo em Guarulhos, onde o discipulado é em grupo e o lider da célula cuida de pessoas individual, mas te digo o líder é sobrecarregado, porque ele fica sem tempo, gostaria de saber melhor sobre a visão de vocês, obrigada

    • A Paz… Adriana
      Com certeza nossa vida é muito corrida, mais isso não pode ser empecilho pra nós. Temos em um dia 24hs, em uma semana 168hs em um mês temos 720hs, levando em consideração que Fevereiro temos 672hs. Em um ano com 365 dias temos 8760hs. Escrevi isso só para que a minha resposta tenha fundamento… quando você cita que este amado discipulador tem várias pessoas, é necessário que ele reveja a quantidade de pessoas que esta discipulando. Sabe porque? Por que ele precisa ensinar estes amados discípulos a multiplicar este ensino, se isso não acontecer estes amados discípulos ficaram sendo discipulados por um ano, dois e não vão frutificar. PARA SE APROFUNDAR SOBRE ESSE ASSUNTO EU SUGIRO QUE LEIA O LIVRO – IDE E FAZEI DISCÍPULOS do Pr Abe Huber e Pr Ivanildo Gomes, você vai encontrar ele no site (http://www.mdashop.com.br/).
      Temos que aprender olhar as pessoas com os olhos de Jesus e saber que cada pessoa tem um enorme potencial. Nesta apaixonante Visão de discipulado Jesus esta nos dizendo para irmos fazer discípulos Mt. 28:19, entendemos que DISCÍPULOS é mais do que um, então, nós orientamos e treinamos nossos líderes e cada pessoa que vive a sua nova vida em Jesus que tenham pelo menos dois discípulos. Neste contexto de ter dois discípulos acontece dentro de um trilho de liderança. O Novo Convertido, é inserido imediatamente em uma de nossas células e o líder desta célula, não necessariamente ele irá discipular este Novo Convertido, porém ele irá garantir, juntamente com o seu Supervisor de setor que este seja discipulado. Este discipulador, é uma pessoa que já esta sendo discipulada por outra pessoa, está em célula, esta dando testemunho, esta junto… sabe aquela pessoa que esta falando a mesma língua, esta na mesma Visão, esta frutificando.. Glória a Deus… este discipulador poderoso nas mãos de Jesus ira gerar no coração deste discípulo a importância desta ordem de Jesus de ter pelo menos 2 discípulos. Este discipulador já tem um discípulo e este será o segundo ou ele tem tempo disponível para discipular um terceiro… nós aconselhamos, ensinamos que para que este discipulado não seja um fardo, e não seja feito de qualquer jeito, este discipulador tenha no máximo 3 discípulos. É claro que existem pessoas que tem disponibilidade de tempo e este poderá ter no máximo 7 discípulos.
      No meu caso, como pastor de tempo integral eu tenho 7, onde posso semanalmente investir minha vida e transferir a vida de Deus para estes meus discípulos. Para eu não ser muito longo… quero resumir esta minha resposta lembrando da introdução desta resposta, sobre as horas – dentro das 168 hs semanais todo mundo pode dar para Jesus 1h para discipular uma pessoa. Se tiver 2 discípulos 2h. Sendo assim é possível discipularmos bem cada pessoa, dedicando 1h da nossa semana para ter um tempo de qualidade, um tempo de ensino, um tempo onde vamos ensinar a Palavra, orar.
      Às vezes vamos orar somente, ou às vezes vamos ter um bom tempo de comunhão, num almoço ou jantar. O principal é termos um bom relacionamento. Discipulado não é dominação, não é fardo, não é um tempo somente de confissão de pecado, Jesus discipulava os apóstolos de várias maneiras, nas viagens, nos debates com os doutores da Lei com o seu exemplo e sabedoria, com a sua misericórdia e dependência exclusiva do PAI. Não sei se consegui responder. Mais eu gostaria de agradecer você por ter acessado meu blog e quando quiser estarei a disposição. Me perdoe pela demora para responder.. OK? Grande Abraço.. Shalom!!!!
      Pr Andre Henrique Torres Ribeiro
      Igreja Batista da Glória – Londrina – Paraná

  2. eu adoro a visão do mda pos a igreja cresce muito rapido eu sou de uma igreja de santana nos tambem trabalhamos nessa visão e a nossa igreja esta crescendomuiito rapido eu ja sou um lider de celula e estou querendo me torna supervisor de setor eu amo a visão do mda

  3. REINALDO DE PAULA DOS SANTOS disse:

    ola paz por favor me passe um e-mail para que eu possa entrar em com o Pastor André. desde já agradeço

  4. Jonathan disse:

    Olá, cheguei em Guarulhos a uma semana, morava em Goiânia e congregava na igreja de cristo em células lá. Que tbm trabalha com a visão do MDA. Mas não conheço ninguém aqui em Guarulhos e gostaria de uma indicação de uma igreja por aque que eu possa visitar. Se alguém poder me informar, ficarei muito grato.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s