ILUSTRAÇOES DE REBELIAO NO ANTIGO TESTAMENTO

ILUSTRAÇOES DE REBELIAO

NO ANTIGO TESTAMENTO

 

A. A QUEDA DE ADÃO E EVA: Gênesis 1 – 3 (2.16,17; 3.1-6).

Tanto a ordem da criação, quanto a ordem divina nos mostra o propósito de Deus para a autoridade desde o princípio. Adão simbolizava a autoridade, ao passo que Eva tipificava a submissão. Eles tinham “domínio” sobre tudo, autoridade.

Para exercer autoridade, primeiramente você precisa estar sob autoridade.

A árvore “do bem e do mal” fez com que eles soubessem que estavam sob a autoridade de Deus. Foi posta no jardim como sinal de autoridade.

Eles pecaram: rebelaram-se contra a autoridade (Gênesis 3). “Porque, como pela desobediência de um só homem muitos se tornaram pecadores… (Romanos 5.19).

Eva tomou sua própria decisão ao verificar se o fruto era bom ou não. Ela descobriu a cabeça. Eva estava debaixo de uma autoridade dupla. Ela não somente desobedeceu a ordem de Deus mas também a de Adão. Adão pecou contra a autoridade direta de Deus, isto também foi rebeldia. Lembre-se, rebelar contra a autoridade representativa de Deus é o mesmo que rebelar-se contra Deus.

Toda atitude que implique em desobediência constitui-se numa queda, e qualquer atitude de desobediência é rebeldia. O homem que é governado pela obediência de Deus não decide nele mesmo se as coisas são “boas” ou “más.”

A árvore tornou-se a fonte do bem e do mal, quando deveria ter sido Deus. Rebelião! A primeira lição de um servo verdadeiro é obedecer a autoridade, não fazendo o que lhe parece certo aos seus próprios olhos.

Quando você conhecer a autoridade então você encontrará seu lugar no Reino de Deus. Ou ando você se submete à autoridade, na mesma medida você receberá autoridade. Isso começa com o batismo nas águas.

 

B. NOÉ E SEUS FILHOS (Gênesis 9.20-27).

A atitude dos três filhos de Noé em relação à autoridade prova a maneira como a bênção foi dada ou não para eles. A falha de Noé foi como uma prova para os seus filhos. Isto mostra que nós temos que obedecer à autoridade e não a uma pessoa.

1. Reação de Cão: Rebelião.

Ele teve prazer em ver um defeito ou fraqueza na figura de autoridade, assim ele teria uma desculpa para não se submeter e se desembaraçar de todas as restrições.

2. Reação de Sem e Jafé: Obediência.

Sentiram muito sobre o erro, mas ao mesmo tempo respeitaram a autoridade de seu pai. Cobriram a nudez do pai, significando que é preferível ajudar a resolver uma situação embaraçosa do que expor o outro, criar mais constrangimento e vergonha.

Quem se tornou servo de quem? Canaã, filho de Carn, ficou como o primeiro escravo na Bíblia. Por que o filho de Cam? Porque provavelmente ele foi o primeiro a ver a nudez do avô, tendo-o relatado a seu pai, que por sua vez nada fez para ajudar contra o embaraço.

 

Aquele que não se sujeita à autoridade vem a ser escravo

daquele que obedece à autoridade de Deus.

C. NADABE E ABIÚ, FILHOS DE ARÃO, O SUMO SACERDOTE (Levítico 10.1-2).

Eles ofereceram “fogo estranho“. Eles ministraram pela habilidade e não pela autoridade. Eles ministraram por causa da família, não pela autoridade; só Arão tinha a autoridade. Eles usurparam (assumiram sem direito) a autoridade para si próprios ­ adoração falsa.

Foi um espírito independente, não sob a autoridade que foi chamada “fogo estranho”. Por ser um sério tipo de rebelião, o “zelo” errado deles tinha que ser cortado.

“Apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade!” (Mateus 7.22-23).

Vemos que adoração é iniciada por Deus. A única oferta aceitável diante de Deus é aquela que é oferecida debaixo de autoridade “…em espírito e em verdade” Aquele que desordenadamente levanta a sua cabeça e age independentemente está sendo rebelde, o que resulta em morte.

Quem não age debaixo da autoridade do Senhor e daqueles a quem Ele delegou autoridade (vai de encontro às suas ordens), seu ministério será reprovado pelo Senhor e morrerá em sua insubordinação.

 

D. MIRIÃ E ARÃO (Números 12.1-16) .

 

A esposa de Moisés foi usada por eles como uma desculpa para não submeter-se a autoridade de Moisés. O assunto da esposa de Moisés era uma questão familiar e não uma questão de governo (autoridade).

O irmão e a irmã mais velha tinham o direito de discutir isso com Moisés, em particular, mas em vez disso, eles discutiram em torno de sua autoridade. O verdadeiro problema: Eles não queriam obedecer Moisés. O fim disso foi que eles falaram mal do líder deles e não apenas do irmão deles.

A Bíblia diz que naquele momento Moisés era mui manso. Ele não tentou defender a sua autoridade. Regra Áurea: A autoridade nunca deve ser defendida. Um leão não precisa de proteção. Você é chamado por Deus à autoridade, você nunca ganha por méritos próprios uma posição de autoridade. Muitos cometem o erro de tentar se submeter a Deus sem se submeter à autoridade delegada por Ele. Isso é IMPOSSIVEL! Falar mal dos nossos líderes é um “canteiro” cheio de rebelião.

Isso não é uma questão de nosso irmão, mas de nosso líder (a autoridade instituída ou estabelecida por Deus).

E. CORÉ, DATÃ E ABIRÃO (Números 16.1-50).

Coré e seus companheiros pertenciam aos levitas (confiaram em sua espiritualidade). Por outro lado, Datã e Abirão eram filhos de Rubem (o primogênito), e confiaram em sua posição.

” … Basta! pois que toda a congregação é santa, cada um deles é Santo,

e o Senhor está no meio deles: porque, pois, vos exaltais

sobre a congregação do Senhor?”

Números 16.3

 

Eles cometeram um grande erro: Determinar a liderança com base na santidade e obra pessoal em vez da autoridade delegada por Deus. Talvez eles fossem tão santos quanto Moisés, mas era a autoridade e não a santidade que foi o fator determinante. Eles queriam servir a Deus e rejeitar Moisés, o escolhido de Deus.

Deus e a autoridade delegada são inseparáveis. É impossível manter uma atitude para com Deus e uma outra atitude para com as autoridades delegadas por Ele. Eles culparam Moisés de uma falta cometida por eles mesmos, a de não entrar na terra de Canaã (uma falha Nacional) v.13.

A rebelião é um princípio infernal: Eles foram jogados vivos para dentro do inferno. Vs. 32-33. Seguir a razão é sair do caminho espiritual, o único caminho é obediência pela fé. Os rebeldes viram apenas um deserto mas os obedientes, pela fé, enxergaram a terra prometida, até de longe.

 

VEJA COMO A REBELIÃO É TÃO CONTAGIOSA:

• Vs. 1-40: Os líderes se rebelaram (Poucos) ..

• Vs. 41-50: O povão se rebelou (Muitos).

• Deus tolerou todas as murmurações do povo no deserto, mas Ele não tolera rebelião contra a autoridade delegada.

• Muitos pecados Deus pode tolerar, mas a rebeldia é o princípio da morte, o princípio de Satanás.

• Embora tendo presenciado o julgamento da rebelião, ainda assim não aprenderam. Não tinham senso algum de autoridade em seus corações.

• Olhos humanos (carnais) vêem só o homem, eles não vêem o lado espiritual e a autoridade de Deus.

• Moisés e Arão (autoridade) pararam a praga.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s