EXEMPLOS DE LÍDERES E DISCÍPULOS EFICAZES

EXEMPLOS DE LÍDERES, DE DISCÍPULOS

DO SENHOR JESUS EFICAZES

Os líderes, os discípulos do Senhor Jesus são, muitas vezes, pessoas comuns que aceitam circunstâncias extraordinárias ou são postas nelas. Essas circunstâncias fazem brotar o seu potencial latente, produzindo um caráter que inspira segurança e confiança nos outros. Muitos dos grandes líderes na história foram “vitimas” de circunstâncias. Eles não tinham a intenção de ser líderes, mas as exigências da vida despertaram-lhes o espírito de liderança adormecido dentro deles. O espírito de liderança na vida do discípulo do Senhor Jesus parece vir à tona nos momentos de conflito pessoal, social, econômico, político e espiritual.

Vamos, mais uma vez, examinar a definição de liderança que eu estou propondo:

 

Liderança do discípulo do Senhor Jesus é a capacidade de influenciar outros mediante inspiração, motivada por um entusiasmo, gerada por uma visão, produzida por uma convicção, que é despertada por um propósito.

 

Quando você como discípulo do Senhor Jesus aplica essa definição de liderança às pessoas, você começa a perceber uma ligação comum entre elas que explica sua influência de liderança. Entremeei exemplos de grandes líderes de tempos antigos e contemporâneos. Cada um desses líderes, primeiramente, descobriu um propósito na vida, o qual se tornou entusiasmo. Esse entusiasmo inspirou e influenciou outros, que abraçaram pessoalmente os propósitos de seus líderes e permitiram que eles os guiassem na direção especifica de suas visões, as quais trouxeram mudanças no mundo.

 

OS LÍDERES SÃO PESSOAS,

MUITAS VEZES COMUNS, POSTAS EM

CIRCUNSTÂNCIAS EXTRAORDINÁRIAS.

MOISÉS

Moisés, o histórico libertador hebreu, ganhou um senso de propósito evidente. Em seus escritos, ele descreve o seu encontro com Deus no deserto, onde foi informado do que ele devia realizar: libertar o povo hebreu, que era escravo do Egito, e guiá-lo à terra prometida. Depois de uma apreensão inicial em relação aos detalhes dessa incumbência, Moisés entusiasmou-se pelo seu propósito. Ele descreveu-o ao irmão, Arão, que o acompanhou até os israelitas e lhes falou sobre a visão de uma terra prometida. Moisés acreditou tão profundamente no seu propósito que eles também passaram a acreditar que a liberdade deles era possível. Ele os inspirou a ter coragem para abandonar o seu doloroso, porém habitual papel de escravos no Egito. O resultado foi a disposição deles em segui-lo no deserto, onde não havia civilização e nenhuma fonte de alimento ou água. Eles haviam captado a visão dessa terra de que Moisés lhes falara – “uma terra que mana leite e mel” (Êxodo 33:3) – e foram influenciados a segui-lo com confiança ao deserto desconhecido. (O relato da vida de Moisés pode ser encontrado no livro de Êxodo.)

 

MARTIN LUTHER KING JR.

O inesquecível discurso “Eu Tenho um Sonho” resume o propósito, o entusiasmo e a inspiração de Dr. Martin Luther King Jr. Um líder e símbolo da luta pelos direitos civis nos Estados Unidos, Dr. King ajudou a mudar as leis e os pensamentos naquele país, levando à maior igualdade e liberdade na nação. Aqui estão algumas das palavras inspiradoras daquele discurso:

 

Tenho um sonho que um dia esta nação se levantará e viverá o verdadeiro significado de sua crença: ‘Nós afirmamos que estas verdades são evidentes: que todos os homens foram criados iguais.’

 

[…] Tenho um sonhos que meus quatro filhinhos um dia viverão numa nação onde não serão julgados pela cor de sua pele, mas pelo conteúdo do seu caráter.

 

O propósito de Dr. King era perseguir a igualdade, e sua convicção e seu entusiasmo representava uma visão de seu país, os Estados Unidos, no qual a liberdade era direito e privilégio de todos. Sua paixão tornou-se uma obrigação, a qual o pôs num caminho de auto-sacrifício. Milhares e milhares de pessoas aderiram á sua visão, que se tornou não apenas o seu destino, como também o de toda uma nação, conforme ele influenciava uma mudança nas leis fundamentais do país. Dr. King tinha uma visão pela qual ele estava disposto a viver – e a morrer. Cremos também que a visão do Senhor Jesus continuará sendo implantada em nossos corações: João 13:12-17.

 

“Depois que lhes lavou os pés, e tomou as suas vestes, e se assentou outra vez à mesa, disse-lhes: Entendeis o que vos tenho feito? Vós me chamais Mestre e Senhor, e dizeis bem, porque eu o sou. Ora, se eu, Senhor e Mestre, vos lavei os pés, vós deveis também lavar os pés uns aos outros. Porque eu vos dei o exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também. Na verdade, na verdade vos digo que não é o servo maior do que o seu senhor, nem o enviado maior do que aquele que o enviou. Se sabeis estas coisas, bem-aventurados sois se as fizerdes.”

WINSTON CHURCHILL

Durante a Segunda Guerra Mundial, antes de os Estados Unidos nela entrar, a Grã-Bretanha encontrava-se em desvantagem, lutando sem ajuda para impedir que não somente a Inglaterra, como também a maior parte da Europa fosse invadida e governada pela Alemanha nazista. Seu líder, Winston Churchill, era considerado um político esgotado, antes de tornar-se primeiro-ministro aos sessenta e seis anos de idade. Mais tarde, ele escreveu: “Eu me senti como se estivesse caminhando com o destino, e que toda a minha vida passada havia sido um preparo para esse momento e para essa prova”. Você como discípulo do Senhor Jesus, como imagina terminar o ministério que Ele lhe confiou?

 

 

Extraído do Livro “O Espírito de Liderança”, Myles Munroe

Adaptado a Visão Celular

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s