Oração de Jabez

 

Tenho consciência de que quando Deus se estende sobre alguém em sua Palavra, é porque este alguém fez algo que nos é precioso e que serve para nossa edificação. Tirando o Livro de Números, não creio haver na Palavra nada mais maçante que os primeiros 9 capítulos do livro de Crônicas. É uma lista com mais de 500 nomes. É genealogia pura. Haja vontade para ler. Contrariando tudo o que já tenho dito sobre a importância de se ater a detalhes quando da leitura do “Manual do Fabricante” , li em diagonal! Como conseqüência, somente agora venho receber a dádiva do verso 10 de 1ª Cr 4. ALGO ESTAVA FORA DO CONTEXTO!. Dentro da lista de genealogias, os versos 9 e 10 e principalmente este, fogem inteiramente da lógica seqüencial. Com certeza Deus nos quer falar que Jabez fez algo que mereceu um destaque especial. E o que a Palavra mostra que Jabez fez?

Ele orou.

Se a sua oração foi tão especial que mereceu uma quebra na seqüência expositiva, havia alguma coisa especial neste homem que foi capaz de levar o autor a interromper sua exposição e dizer: “Este rapaz Jabez está muito acima do resto”. Qual o segredo de Jabez? Ele aparece em 3 versículos no meio de uma genealogia e nunca mais aparece. Obviamente o ponto de destaque é sua oração. E o que ele orou? I Cr 4:10 Jabez invocou o Deus de Israel dizendo:

  •  Oxalá que me abençoes
  • E me alargues as fronteiras
  • Que seja comigo a Tua mão
  • E me preserves do mal, de modo que não me sobrevenha aflição.

E DEUS LHE CONCEDEU O QUE TINHA PEDIDO!!!
A primeira vista, os 4 pedidos podem ser considerados sinceros até mesmo nobres mas jamais poderiam ser considerados notáveis. Que oração “chinfrim”!. Porque mereceu este destaque? Tem que haver algo muito precioso que somente o Espírito Santo pode nos revelar.
Vamos analisar sob a luz da revelação cada um destes pedidos.
· Oxalá que me abençoes. 
Que pedido mais egoísta. Me abençoes! Será possível que Deus queira que você seja mais egoísta em suas orações? Ao clamarmos pela bênção de Deus, estamos pedindo aquilo que não poderíamos conseguir com nosso próprio esforço.

Que urgência e entrega pessoal neste apelo!

Pai! Por favor abençoa-me, sim abençoa-me Senhor e muito! Antes de clamarmos por bênçãos, precisamos ter uma compreensão clara do que esta palavra significa. Bênção é uma palavra que vem do latim, benedictione, que significa: “favor divino, graça”.

No âmbito bíblico, significa pedir ou conceder um favor sobrenatural.

Pv 10:22 diz: “A bênção do Senhor é a base da verdadeira riqueza, pois não traz tristezas nem preocupações.”

Observe que no primeiro pedido de Jabez, ele deixou inteiramente nas mãos de Deus a natureza da bênção, onde e como ela lhe seria dada. Este tipo de confiança total nas boas intenções de Deus para conosco, difere frontalmente do pedido especifico de querer um melhor emprego, a restauração financeira de seu empreendimento.

O pedido de Jabez também é muito específico. Ele pede a Deus que lhe dê nada mais nada menos do que Ele tem reservado para ele. Jabez confia plenamente no senhorio do Senhor, crendo que só Ele sabe o que mais lhe é necessário. Jabez neste pedido mergulha inteiramente no rio da vontade de Deus, do seu poder e de seu PROPÓSITO para ele.

Somente Deus sabe o que é melhor para nós.

Mt 7:7 – “Pedi e dar-se-vos-á”. Tg 4:2 – “Nada tendes, porque não pedis.”

A bondade de Deus não tem limites. Se você pede uma bênção específica, você poderá até recebê-la, mas deixará de receber as que não pediu e Deus esperava somente uma oportunidade para dá-los. Abençoar faz parte da natureza de Deus. A liberalidade de Deus é limitada somente por nós.
· E me alargues as fronteiras. 
Não encare fronteiras como simplesmente terras. Jabez ao fazer este pedido, estava clamando por mais e maiores oportunidades para realizar os propósitos de Deus para sua vida. Quando Jabez clamou a Deus “alarga minhas fronteiras”, ele pensava: “Eu não nasci para ter só isso”. Este clamor engloba aspectos espirituais, materiais, físicos, financeiros, familiares, etc. Este pedido pode ser entendido como um aumentar de oportunidades, dentro do propósito para o qual me concebestes, para que possa alcançar mais vidas para Tua glória, para fazer mais para Ti. Independentemente de quais sejam nossos dons, formação ou vocação, o chamado que recebemos de Deus é para realizar sua obra na terra. Quando nós determinamos o tamanho do território que Deus tem em mente para nós, é o resultado da seguinte equação: Minhas habilidades + Minha experiência + Meu treinamento + Minha personalidade + Meu passado = Território por mim reservado. Na matemática de Deus (Zc 4:6) esta equação se transforma em : Minha disposição + Minhas fraquezas + A vontade e o poder sobrenatural de Deus = Meu território preparado pelo meu Senhor. É quando você se entrega totalmente sob o senhorio de Deus, e se coloca no centro dos planos dele para este mundo, quando implora a Ele dizendo: “Senhor usa-me “! Dá-me um ministério para Ti, que os verdadeiros milagres se desencadeiam. É neste momento que os céus se abrem e a chuva serôdia cai sobre você, trazendo anjos, recursos, forças e as pessoas de que você precisa. Deus sempre intervêm quando você coloca as prioridades d’Ele acima das suas.
· Que seja comigo a Tua mão. 
Depois de ousarmos pedir por mais bênçãos e por fronteiras mais amplas, muitos de nós vacilamos neste ponto de transformação espiritual. Recebemos bênçãos numa escala sem precedentes, mas de repente o vento que soprava parou. Desamparados, começamos a cair, sentimo-nos fracos, muito diferente de como um líder deve se sentir. Não conseguimos nos livrar da sensação de que somos a pessoa errada para este trabalho. Este sentimento significa exclusivamente que estamos na dependência total do Senhor Jesus. Observe que Jabez não começou sua oração pedindo que a mão de Deus estivesse com ele. Àquela altura, ele ainda não consciência dessa necessidade. As coisas ainda estavam sob o seu controle. Mas quando suas fronteiras começaram a alargar e tarefas proporcionais ao território preparado por Deus começaram a se colocar diante dele, Jabez reconheceu sua pequenez e clamou pela mão de Deus sobre si rapidinho. Se buscar as bênçãos de Deus é nosso mais elevado ato de adoração e se pedir para fazer mais para Deus é nossa ambição maior, requerer que a mão de Deus esteja sobre nós é a nossa melhor estratégia. As mãos de nosso Pai estão sempre estendidas quando dizemos; “Pai, faze isso por mim, pois não posso fazê-lo sozinho. É grande demais para mim”. E você sai dando o passo de fé, para fazer e dizer coisas que só poderiam vir das mãos de Deus. ( Jo 3:27) A mão do Senhor é um termo bíblico para expressar o poder e a presença de Deus. Js 4:24 Is 59:1 Ne 2:18 Sl 37:24 Jo 10:28 At 11:21 Ef 3:16 e 19 No novo testamento podemos considerar que a “mão de Deus” é o encher-se do Espírito Santo. “Ò Senhor, seja sobre mim a Tua mão! Enche-me com o Teu Espírito!” A rápida propagação das boas novas não poderiam ter acontecido de outra maneira.
· E me preserves do mal, para que não me sobrevenha aflição. 
É fato comprovado que o sucesso traz consigo grandes oportunidades de fracasso. Podemos até dizer que ser abençoado é o maior dos perigos, pois tende a reduzir nossa dependência de Deus e nos deixa propensos a arrogância.

Um irmão abençoado, enfrentará mais ataques dirigidos a sua pessoa e a sua família. Isto é até compreensível, você se tornou mais perigosa a Satanás.

Após um grande momento de sucesso espiritual, é que necessitamos com urgência do último pedido de Jabez. ” E me preserves do mal” .

A guerra mais eficiente contra o pecado é orar para que não tenhamos de lutar (Mt 6:13). Sem a tentação, nós não pecaríamos.

Satanás se opõe de maneira mais contundente àqueles que começam a se tornar uma grande ameaça a ele e ao seu reino. Quanto mais Deus responder a suas orações, mais você deve se preparar para enfrentar ataques espirituais.

Há momentos, porém em que você não pode se afastar do mal porque, pelo poder de Deus, você está lançando um ataque fulminante contra as trevas. Nestes momentos você deve usar as armas da nossa milícia explicitadas em 2ª Co 10:4.

Fique fora da arena da tentação sempre que for possível, teria dito Jabez, mas nunca viva no temor ou na derrota.

Pelo poder de Deus, você poderá manter segura a sua herança de bênçãos.

Bibliografia: Bíblia A Oração de Jabez – Bruce Wilkinson

Um comentário sobre “Oração de Jabez

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s